Exame Invest
Mercados

Bovespa incentiva corretoras a expandir base a pessoa física

PUBLICADO EM: 1.10.13 | 14H28
Corretoras receberão crédito proporcional ao número de novos investidores, ao saldo de custódia em valor e ao prazo que investidores mantiveram ações em custódia
Operador da BM%26FBovespa

BM&FBovespa: créditos poderão ser usados pelas corretoras para quitar débitos relativos a serviços prestados pela bolsa

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

São Paulo - A BM&FBovespa lançou nesta terça-feira um programa de incentivos às corretoras para expandir a base de investidores pessoa física no mercado de ações, que ficará em vigor até o final de setembro de 2018.

Pelo programa, as corretoras receberão crédito em volume proporcional ao número de novos investidores, ao saldo de custódia em valor e ao prazo que estes investidores mantiveram as ações em custódia.

"A iniciativa tem como objetivo disseminar a cultura de investimento e estimular a formação de poupança de longo prazo por meio de programas de incentivos à atuação das corretoras", informou a bolsa em comunicado.

O valor dos créditos vai variar de acordo com o estado de residência do novo investidor, com crédito mensal de 7 reais para residentes em São Paulo e Rio, 9 reais para outros Estados do Sudeste e do Sul e 10 reais para demais Estados. Além deste crédito, cada novo investidor com mais de 20 mil reais investidos gera crédito adicional de 6 reais.

Os créditos poderão ser usados pelas corretoras para quitar débitos relativos a serviços prestados pela bolsa, como taxa mensal de custódia devida de clientes da corretora, e outras taxas cobradas por prestação de serviços da bolsa para as corretoras.

O prazo para a inscrição das corretoras no programa vai de 1o de outubro de 2013 a 31 de dezembro de 2014.

Segundo dados mais recentes da bolsa, o número de investidores pessoa física com contas ativas na Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia (CBLC) era de 616,8 mil no fim de agosto. Mesmo tendo crescido em 2013, o montante é parecido com o de três anos atrás.

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame