Exame Invest
Mercados

Bovespa segue exterior e opera em leve baixa

PUBLICADO EM: 2.2.11 | 13H07
São Paulo - O principal índice das ações brasileiras oscilava em torno da estabilidade nesta quarta-feira, sem formar uma tendência clara em linha com o comportamento dos mercados globais. Às 12h25, o Ibovespa <.BVSP> recuava 0,26 por cento, para 67.672 pontos. O giro financeiro do pregão era de 1,358 bilhão de reais. Na véspera, o […]
EXAME.com

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 3MIN

São Paulo - O principal índice das ações brasileiras oscilava em torno da estabilidade nesta quarta-feira, sem formar uma tendência clara em linha com o comportamento dos mercados globais.

Às 12h25, o Ibovespa

No exterior, os índices futuros das bolsas dos Estados Unidos indicavam abertura perto da estabilidade em Wall Street. O relatório da ADP Employer Services mostrou criação de 187 mil empregos privados no país, ante previsão de 145 mil vagas.

A ação com maior volume no Ibovespa era a preferencial da Vale , com alta de 0,6 por cento, a 52,18 reais. A mineradora compõe boa parte das carteiras recomendadas por analistas, devido ao cenário favorável para os preços do minério de ferro e ao pagamento de grandes dividendos --estão previstos ao menos mais 4 bilhões de dólares em 2011.

A ação da Vale era favorecida neste pregão pelo desempenho do setor no mercado internacional. Nas bolsas europeias, com o preço do cobre atingindo preço recorde, as ações de mineradoras eram os principais destaques de alta.

As ações preferenciais da Petrobras , com o segundo maior giro do índice, tinham variação negativa de 0,22 por cento, a 27,58 reais. Uma fonte afirmou à Reuters que a estatal desistiu de comprar a participação da Eni na portuguesa Galp . [ID:nN02181443]

Ações de construção, que se destacaram na véspera com a cobertura de posições vendidas e com a recuperação após sucessivas baixas por causa do ciclo de aperto monetário, devolviam parte dos ganhos. A ação com maior giro era PDG Realty , em queda de 1,45 por cento, a 9,53 reais.

O setor imobiliário aguarda o final da reunião do Conselho Curador do FGTS, à espera de um possível aumento dos limites de valor para participação no programa Minha Casa Minha Vida.

BM&FBovespa operava em alta de 0,93 por cento, a 12 reais. A bolsa divulgou em comunicado que fará uma revisão da política de tarifação. "A Bovespa pode estar se posicionando para reduzir taxas de execução e aumentar taxas de compensação (clearing), criando uma barreira maior para a entrada de um concorrente", afirmaram os analistas Kenneth Worthington e Funda Akarsu, do JPMorgan, em nota.

Fora do índice, os destaques eram a estreante Arezzo e o Banco Panamericano .

A primeira ainda exibia o maior volume do pregão, com alta de 12,63 por cento, a 21,40 reais, no primeiro dia de negócios após a oferta inicial de ações.

Já o Panamericano disparava pelo segundo dia seguido, com alta de 14,18 por cento, a 5,97 reais, após o BTG Pactual comprar o controle da instituição envolvida em problemas contábeis desde o ano passado.

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame