MERCADOS

CÂMBIO-Euro avança por esperanças de resgate bancário à Irlanda

PUBLICADO EM: 19.11.10 | 8H11
Por Tamawa Desai LONDRES, 19 de novembro (Reuters) - O euro subia nesta sexta-feira, recuperando-se de perdas anteriores por expectativas de que a Irlanda esteja perto de um acordo para receber dezenas de bilhões de euros da União Europeia e do Fundo Monetário Internacional (FMI) para ajudar seus bancos. Dublin disse que as discussões continuarão […]
EXAME.com

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

Por Tamawa Desai

LONDRES, 19 de novembro (Reuters) - O euro subia nesta
sexta-feira, recuperando-se de perdas anteriores por
expectativas de que a Irlanda esteja perto de um acordo para
receber dezenas de bilhões de euros da União Europeia e do
Fundo Monetário Internacional (FMI) para ajudar seus bancos.

Dublin disse que as discussões continuarão na semana que
vem, e o ministro irlandês das Finanças, Brian Lenihan, afirmou
ao Parlamento que ainda não chegara o momento de pedir um
empréstimo.

"Há um grau de calma pela antecipação de uma resolução de
curto prazo para os bancos irlandeses, o que alimentou um
apetite por risco renovado e uma alta de alívio no euro, que
pode subir, potencialmente, a 1,40 dólar", disse Lee Hardman,
economista do Bank of Tokyo-Mitsubishi UFJ.

Às 9h11 (horário de Brasília), o euro avançava 0,59 por
cento, a 1,3727 dólar .

Com poucos dados econômicos na agenda, os mercados aguardam
comentários de autoridades do Banco Central Europeu (BCE),
incluindo o presidente do BCE, Jean-Claude Trichet, e o
presidente do BC alemão, Axel Weber, que participam de uma
conferência em Frankfurt.

O dólar perdia 0,36 por cento, a 83,25 ienes , mas
continuava perto da máxima em seis meses de 83,79, atingida na
quinta-feira. O dólar era ajudado por dados positivos dos
Estados Unidos, mostrando que a atividade fabril na região
Meio-Atlântico do país acelerou em novembro e que o número de
norte-americanos pedindo auxílio-desemprego caiu à mínima em
dois anos.

Em relação a uma cesta de moedas , o dólar recuava
0,51 por cento.

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame