Exame Invest
Mercados

Dólar abre em alta antes de dado de emprego dos EUA

PUBLICADO EM: 6.11.15 | 10H01
Os investidores em todo o mundo esperam o número de empregos criados nos Estados Unidos em outubro, no fim da manhã
Dólares

Dólares: a presidente do Fed, Janet Yellen, disse nesta semana que há a possibilidade de a alta das taxas dos Fed Funds ocorrer no mês que vem

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

São Paulo - O dólar à vista no balcão abriu esta sexta-feira, 6, em alta, depois de permanecer abaixo de R$ 3,80 ontem pelo terceiro dia seguido e acompanhando a valorização moderada da moeda no exterior.

Os investidores em todo o mundo esperam o número de empregos criados nos Estados Unidos em outubro, no fim da manhã.

Às 9h27, o dólar à vista no balcão subia 0,47%, a R$ 3,7937, depois de abrir em alta de 0,48%, a R$ 3,7940. No mercado futuro, a moeda para dezembro abriu cotada a R$ 3,8180, com avanço de 0,21% e era negociada a R$ 3,8205 (+0,28) no horário mencionado.

No cenário internacional, o dólar estava mais forte que o euro, o iene e algumas rivais de países emergentes e ligadas a commodities.

O relatório de emprego dos EUA (payroll), às 11h30, deve mostrar criação de 183 mil empregos em outubro, segundo estimativas, mais forte que a geração de 142 mil vagas em setembro, o que reforçaria as apostas de alta dos juros pelo Federal Reserve em dezembro.

As chances de elevação, aliás, podem ser mantidas mesmo que o resultado venha um pouco abaixo do esperado porque, até a próxima reunião do Fed, nos dias 15 e 16 do último mês do ano, o mercado deverá conhecer vários indicadores do país, inclusive o payroll de novembro.

Além disso, a presidente do Fed, Janet Yellen, disse nesta semana que há a possibilidade de a alta das taxas dos Fed Funds ocorrer no mês que vem.

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame