MERCADOS

Dólar reduz queda ante o real em meio à briga pela Ptax

PUBLICADO EM: 30.12.13 | 10H50
Moeda era influenciada também pela redução do Imposto sobre Operações Financeiras incidente sobre algumas formas de pagamento em moeda estrangeira
Nota de 100 dólares é vista em 22 de agosto de 2013

Nota de 100 dólares: às 11h38, a moeda norte-americana perdia 0,01 por cento, para 2,3393 reais na venda, após bater 2,3268 reais na mínima do dia

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

São Paulo - O dólar anulou a queda vista mais cedo e operava perto da estabilidade ante o real nesta segunda-feira, em meio à disputa dos investidores antes da formação da Ptax do ano, que serve de referência para diversos contratos cambiais.

Às 11h38, a moeda norte-americana perdia 0,01 por cento, para 2,3393 reais na venda, após bater 2,3268 reais na mínima do dia.

A Ptax é calculada diariamente pelo Banco Central por volta da hora do almoço. Operadores costumeiramente brigam para influenciar a taxa de forma a favorecer suas posições.

"A expectativa era de que a formação da Ptax seria marcada para baixo, mas estamos vendo muita saída de divisas. Com todo mundo posicionado para baixo, essas operações de saída acabam tendo um efeito maior sobre as cotações", afirmou o operador de um banco internacional.

A moeda norte-americana era influenciada também pela redução do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) incidente sobre algumas formas de pagamento em moeda estrangeira, anunciada na sexta-feira após o fechamento dos mercados.

Segundo analistas, a medida tende a diminuir um pouco o fluxo de saída de divisas, uma vez que encarece viagens ao exterior. Contudo, a influência sobre as cotações do dólar deve ser comedida.

"Não vejo um impacto muito relevante dessa medida, nada muito duradouro", disse o estrategista-chefe do Banco Mizuho, Luciano Rostagno.

Ajudava ainda a pressionar a constante atuação do BC no câmbio. Nesta sessão, a autoridade monetária deu continuidade ao programa de intervenções diárias com oferta de 10 mil contratos de swap cambial tradicional --equivalente a venda futura de dólares. O BC vendeu o lote total, colocando 3,6 mil swaps com vencimento em 5 de março de 2014 e 6,4 mil com vencimento em 1º de julho de 2014. A operação teve volume financeiro equivalente a 497 milhões de dólares.

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame