Exame Invest
Mercados

Dólar sobe e fecha acima de R$1,85, de olho na Europa

PUBLICADO EM: 21.12.11 | 16H25
BCE revelou hoje que bancos europeus necessitarão de mais recursos do que o inicialmente esperado
Dólares em notas embaixo de uma moeda de libra

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

SÃO PAULO - O dólar fechou em alta ante o real nesta quarta-feira, seguindo a piora no clima internacional após uma operação de liquidez do Banco Central Europeu (BCE) mostrar que os bancos da região precisavam de mais recursos do que o previamente esperado. A moeda norte-americana fechou em alta de 0,72 por cento, a 1,8591 real.

Às 17h, as bolsas caíam nos Estados Unidos e em São Paulo, enquanto que as moedas de outros países emergentes, como o peso mexicano, recuavam pela aversão a risco. Os bancos tomaram 489 bilhões de euros na primeira oferta de liquidez de três anos realizada pelo BCE.

Um total de 523 bancos participou, com a demanda final ficando bem acima dos 310 bilhões de euros esperados por operadores ouvidos pela Reuters. Para alguns bancos europeus, esse dinheiro pode ser mais de 3 pontos percentuais mais barato do que o disponível em operações comuns no mercado aberto.

"O problema na Europa é enorme e não vai sumir porque as pessoas colocaram dinheiro no sistema", disse o operador da corretora Interbolsa Ovídio Soares.

As variações eram afetadas também pelo volume cada vez mais fraco à medida que se aproxima o final do ano. O contrato futuro com maior liquidez, para janeiro de 2012, tinha 287 mil contratos negociados a menos de uma hora do fim do pregão, um pouco abaixo da média de 330 mil este mês.

A taxa Ptax, calculada pelo Banco Central, fechou a 1,8556 real para venda, e a Taxa de Câmbio de Referência da BM&FBovespa ficou em 1,8548 real às 13h e em 1,8553 real às 16h.

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame