Exame Invest
Mercados

Espanha e Itália registram forte alta nos juros em emissões

PUBLICADO EM: 24.4.12 | 9H56
A Espanha emitiu 1,933 bilhão de euros em bônus a três e seis meses, o máximo previsto, mas com um custo que representou quase o dobro na comparação com operação anterior
Notas de euro

O Tesouro italiano captou nesta terça-feira 3,5 bilhões de euros em títulos com vencimentos em 2014, 2017 e 2019

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 1MIN

Madri - Espanha e Itália emitiram títulos nesta terça-feira, mas para obter o financiamento desejado foram obrigados a pagar juros em forte alta, em um clima de tensão nos mercados.

A Espanha emitiu 1,933 bilhão de euros em bônus a três e seis meses, o máximo previsto, mas com um custo que representou quase o dobro na comparação com a operação anterior, de 27 de março: 0,634% nas letras a três meses (contra 0,381%) e 1,580% nas de seis meses (contra 0,836%), segundo o Banco da Espanha.

O Tesouro italiano captou nesta terça-feira 3,5 bilhões de euros em títulos com vencimentos em 2014, 2017 e 2019.

Os bônus com vencimento em 2014 registraram juros de 3,355% (2,352% em 27 de março), os títulos com prazo de 2017 ofereceram 3,88% (contra 2,04%) e os de 2019 registraram 4,32% (contra 3,06%).

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame