Euro cai à mínima em 6 meses com temor sobre Europa | Exame Invest
Exame Invest
MERCADOS

Euro cai à mínima em 6 meses com temor sobre Europa

PUBLICADO EM: 9.9.11 | 9H04
Moeda está abaixo de US$ 1,38, influenciada pela pressão vendedora nas bolsas
Notas de euro

As ações dos bancos franceses voltaram a despencar, com Société Générale chegando a perder mais de 7%

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

Londres - O euro atingiu uma mínima em seis meses frente ao dólar nesta manhã, abaixo de US$ 1,38, influenciado pela pressão vendedora nas bolsas, que provocou a fuga dos investidores para o dólar. Analistas disseram não haver notícia nova por trás da queda da moeda europeia, a qual atribuíram ao crescente nervosismo com a situação da dívida soberana na Europa e com as perdas das ações do setor financeiro.

Às 8h38 (de Brasília), o euro caía para US$ 1,3813, de US$ 1,3872 no final da tarde de ontem em Nova York; na mínima, o euro chegou a ser negociado a US$ 1,3788. O dólar subia para 77,84 ienes, de 77,52 ienes ontem.

As ações dos bancos franceses voltaram a despencar, com Société Générale chegando a perder mais de 7%. Alimentando o nervosismo, o Banco Central Europeu (BCE) informou hoje que os depósitos overnight dos bancos atingiu nova máxima para o ano ontem, já que as instituições preferem manter os recursos no BCE do que emprestarem uns aos outros.

"A situação na Grécia continua nebulosa e isso nos sugere que o nível de confiança na zona do euro ainda é muito frágil", afirmou o estrategista de moedas do Bank of Tokyo-Mitsubishi UFJ, Derek Halpenny. "O mercado embute agora nos preços um substancial default (não pagamento) e a escala da contração econômica continua alarmante. O euro irá sentir a pressão ao longo do tempo", afirmou.

"Esperamos que o euro continue sendo vendido após movimentos de alta contra o dólar e ao iene", disse o estrategista de câmbio do UBS, Chris Walker.

A moeda única despencou também para próximo a uma nova mínima em oito anos contra a coroa norueguesa, que está sendo assumida como ativo para proteção por alguns investidores. As informações são da Dow Jones.


Leia também

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame