Exame Invest
Mercados

Fitch mantém rating soberano da Argentina em CC

PUBLICADO EM: 22.11.13 | 15H08
A Fitch destacou ainda que, além da disputa judicial, os fundamentos de crédito da Argentina continuam a se deteriorar
Bandeira da Argentina tremula em Buenos Aires

Argentina: para a Fitch, decisão reflete fato de que títulos em moeda estrangeira da Argentina continuam sujeitos a um alto nível de risco de default

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 1MIN

São Paulo - A agência de classificação de risco Fitch Ratings manteve nesta sexta-feira o rating soberano da Argentina em CC, com perspectiva negativa.

Segundo a Fitch, a decisão reflete o fato de que os títulos em moeda estrangeira da Argentina, emitidos sob a lei internacional, continuam sujeitos a um alto nível de risco de default, dada a atual disputa judiciária nos tribunais dos EUA entre o país e os chamados "holdouts".

Essa é a denominação para os credores que não participaram das trocas da dívida realizadas em 2005 e 2010 pelos governos de Néstor e Cristina Kirchner.

"O cronograma para uma resolução final continua imprevisível devido aos diferentes cenários possível e a incerteza sobre a duração dos procedimentos judiciais", afirmou a agência.

A Fitch destacou ainda que, além da disputa judicial, os fundamentos de crédito da Argentina continuam a se deteriorar.

"Políticas altamente distorcidas e imprevisíveis continuam a pesar sobre as perspectivas de crescimento. Ao mesmo tempo, a inflação continua elevada, com as estimativas do setor privado significativamente mais altas que as estatísticas oficiais", diz o relatório da Fitch.

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame