Exame Invest
MERCADOS

Fitch rebaixa rating da Petrobras por maior influência do governo e pré-sal

PUBLICADO EM: 7.4.11 | 11H33
Agência espera o aumento da alavancagem com o avanço dos investimentos e os crescentes desafios dos projetos do pré-sal
Centro de Pesquisas da Petrobras, no Rio: o vizinho que toda empresa de tecnologia do setor de petróleo quer ter

Fitch também afirmou rating em moeda estrangeira da Petrobras

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 1MIN

São Paulo – A agência de classificação de risco Fitch rebaixou o rating em moeda local da Petrobras (PETR3; PETR4) de BBB+ para BBB, justificando sua decisão pela incorporação do esperado crescimento da alavancagem da estatal, decorrente principalmente do expressivo programa de investimentos, além dos desafios dos projetos do pré-sal.

A ação também reflete o vínculo crescente entre os ratings da Petrobras e os do governo federal do Brasil, explica a analista Ana Paula Ares, em nota.

A Fitch também afirmou os IDRs (Issuer Default Ratings), ratings de probabilidade de inadimplência do emissor, em moeda estrangeira da Petrobras, bem como os ratings das emissões de dívida no mercado internacional da companhia e de suas subsidiárias.

A decisão seguiu a recente elevação dos IDRs em moeda estrangeira e local do Brasil de BBB- para BBB, ocorrida em 4 de abril de 2011.

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame