Exame Invest
MERCADOS

Preocupação com China derruba índice de ações europeias

PUBLICADO EM: 20.3.12 | 14H56
O índice FTSEurofirst 300, que reúne as principais ações europeias, fechou aos 1.093 pontos
DAX 1

Índice DAX, da Bolsa de Frankfurt, na Alemanha

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

Londres - As ações de empresas ligadas a commodities lideraram as perdas nos mercados acionários da Europa nesta terça-feira, diante de preocupações com a desaceleração do crescimento da China e dados mistos da economia norte-americana.

O índice FTSEurofirst 300, que reúne as principais ações europeias, fechou em queda de 1,10 por cento, a 1.093,45 pontos. Na semana passada, o indicador atingou a máxima em oito meses.

O índice deve se estabilizar no nível de 1.090 -a máxima em fevereiro- mas uma interrupção convincente desse patamar poderia levar o índice a cair para cerca de 1.080, que representa um nível próximo a sua média-móvel de 20 dias, disse um analista técnico.

O FTSEurofirst se afastou de níveis quase sobrecomprados de acordo com sua força relativa de 14 dias, mas estrategistas não observam os índices europeus direcionando-se a uma correção mais marcada.

Andrew King, chefe de ações europeias no BNP Paribas Investment Partners, disse que embora os preços não estejam a níveis tão baixos quanto já estiveram, ele espera que as ações tenham maiores oportunidades de retorno -as proporções de preços sobre ganhos (P/E, em inglês) previstas para doze meses no futuro para o FTSE 100 (.FTSE) e para o índice alemão DAX saltaram de cerca de 8,5 vezes para aproximadamente 10,5 vezes nos últimos seis meses.

"Geralmente quando analisamos o espectro de classes de ativos, ações ainda parecem a classe de preços mais atrativos", disse.

Entre os papéis que tiveram piores performances na sessão desta terça-feira, estão o BHP Billiton, que caiu 4,1 por cento após ter levantado preocupações sobre uma desaceleração na China, onde vê evidência de um "achatamento" da demanda por minério de ferro.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em baixa de 1,17 por cento, a 5.891 pontos.
Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 1,39 por cento, para 7.054 pontos.
Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 1,32 por cento, para 3.530 pontos.
Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 1,05 por cento, para 16.953 pontos.
Em MADRI, o índice Ibex-35 retrocedeu 0,28 por cento, para 8.567 pontos.
Em LISBOA, o índice PSI20 encerrou em alta de 0,61 por cento, para 5.643 pontos.

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame