Exame Invest
MERCADOS

Índice europeu de ações cai 2,5% por temor com economia mundial

PUBLICADO EM: 9.9.11 | 13H40
A saída do membro do conselho executivo do BCE Juergen Stark prejudicou ainda mais o sentimento dos mercados
Juergen Stark ao lado do presidente do BCE, Jean-Claude Trichet

Stark (à esquerda) saiu do BCE devido a desacordos com a política do banco de comprar títulos do governo da zona do euro para combater a crise de dívida do bloco

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

Londres - O principal índice das ações europeias fechou em forte queda nesta sexta-feira, por preocupações de que o pacote de 447 bilhões de dólares do presidente norte-americano, Barack Obama, enfrente obstáculos no Congresso.

O mercado também se ressentiu da saída de uma importante autoridade do Banco Central Europeu (BCE), que sinalizou uma divisão dentro do BCE .

O FTSEurofirst 300 caiu 2,5 por cento, para 916 pontos, segundo dados preliminares. O índice Thomson Reuters para países periféricos da zona do euro caiu 5,9 por cento.

A saída do membro do conselho executivo do BCE Juergen Stark, devido a desacordos com a política do banco de comprar títulos do governo da zona do euro para combater a crise de dívida do bloco, prejudicou ainda mais o sentimento, num momento em que o papel do BCE é crucial para resolver a crise de dívida.

"É difícil ficar otimista com o mercado de ações quando ele enfrenta obstáculos tão consideráveis. O setor bancário continua o algoz do mercado de ações, com os investidores evitando a todo momento o que eles começam a perceber como uma virada da situação", disse o presidente de vendas da Capital Spreads, Angus Campbell.

Os bancos, que possuem significativa exposição a países da zona do euro e geralmente sofrem durante um ambiente econômico de dificuldades, foram os mais golpeados por preocupações de que os formuladores de política monetária não estejam fazendo o suficiente para evitar que as principais economias voltem à recessão.

O índice do setor bancário europeu caiu 4,9 por cento. Os papéis do banco francês Société Générale despencaram 10,6 por cento.

Em LONDRES, o índice Financial Times fechou em baixa de 2,35 por cento, a 5.214 pontos.
Em FRANKFURT, o índice DAX caiu 4,04 por cento, para 5.189 pontos.
Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 3,6 por cento, a 2.974 pontos.
Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve desvalorização de 4,93 por cento, para 14.020 pontos.
Em MADRI, o índice Ibex-35 retrocedeu 4,44 por cento, a 7.910 pontos.
Em LISBOA, o índice PSI20 encerrou em queda de 2,5 por cento, para 6.048 pontos.

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame