MERCADOS

Instabilidade no Sudão do Sul e na Líbia sustentam Brent

PUBLICADO EM: 30.12.13 | 8H17
Escalada de violência no Sudão do Sul nas últimas duas semanas ameaça cortar ainda mais a produção de petróleo do país
6º Engenheiro de petróleo

Exploração de petróleo: Brent tinha alta de 0,04 dólar às 9h06 (horário de Brasília), negociado a 112,22 dólares por barril. O petróleo nos EUA operava estável a 100,32 dólares

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 1MIN

Londres - Os futuros do petróleo Brent operavam perto da estabilidade, acima de 112 dólares por barril, nesta segunda-feira apoiados pelo aumento da instabilidade em países produtores na África.

A escalada de violência no Sudão do Sul nas últimas duas semanas ameaça cortar ainda mais a produção de petróleo do país, o que se soma à redução da oferta da Líbia, onde a produção segue em níveis muito baixos, perto de 250 mil barris por dia.

O Brent tinha alta de 0,04 dólar às 9h06 (horário de Brasília), negociado a 112,22 dólares por barril. O petróleo nos EUA operava estável a 100,32 dólares. O contrato quebrou a barreira do 100 dólares por barril na sexta-feira, pela primeira vez desde 21 de outubro.

"O Brent está relativamente bem sustentado acima de 110 dólares por barril pela baixa produção da Líbia e do Sudão do Sul", disse o analista de investimentos Chee Tat Tan, da Phillip Futures.

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame