Minerva na Nasdaq? Frigorífico acerta negócio em NY e ações sobem até 7% | Exame Invest
Exame Invest
MERCADOS

Minerva na Nasdaq? Frigorífico acerta negócio em NY e ações sobem até 7%

PUBLICADO EM: 15.9.20 | 15H32
ATUALIZAÇÃO: 15.9.20 | 15H51
Empresa de carnes acerta acordo com veículo de investimentos envolvendo sua subsidiária Athena Foods, com operações em países vizinhos na América do Sul
Minerva

Foto de Marcelo Sakate da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Marcelo Sakate

Editor da EXAME Invest, jornalista com MBA em Mercado de Capitais e experiência em Folha de S. Paulo, Veja, 6 Minutos e CNN Brasil | marcelo.sakate@exame.com



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

A Minerva assinou uma carta de intenções não vinculativa com um veículo de investimentos listado na Nasdaq, em Nova York, para acertar uma potencial combinação de negócios envolvendo sua subsidiária Athena Foods.

Como reflexo da notícia informada ao mercado nesta terça-feira, 15, as ações da Minerva (BEEF3) sobem cerca de 5% na B3, num dia em que o Ibovespa opera próximo da estabilidade. Na abertura do pregão, as ações chegaram a subir 7%.

O veículo é uma sociedade de propósito específico para aquisição (SPAC, na sigla em inglês).

De acordo com a companhia brasileira de carnes, a SPAC tem 200 milhões de dólares em caixa para financiar aquisições e pretende realizar uma oferta privada para obter até 100 milhões de dólares adicionais.

A carta de intenções prevê que, após a consumação da operação, a Minerva será titular de aproximadamente 75% do capital da entidade remanescente e receberá cerca de 200 milhões de dólares em dinheiro.

"A administração da Minerva acredita que uma operação desse tipo poderia fortalecer a estrutura de capital da Athena Foods e ofereceria uma oportunidade adicional de crescimento, ao mesmo tempo que destravaria valor para os acionistas", afirmou.

A Minerva disse que tentará completar sua análise estratégica nas próximas semanas, incluindo o resultado das discussões sobre a proposta de combinação de negócio com a SPAC.

Na visão da companhia, a listagem da Athena Foods, que tem operações na Colômbia, Paraguai, Argentina e Uruguai, na Nasdaq poderia ajudar a subsidiária "a fortalecer sua liderança global na produção e exportação de carne bovina".


Recomendado para você


Leia também

Foto de Marcelo Sakate da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Marcelo Sakate

Editor da EXAME Invest, jornalista com MBA em Mercado de Capitais e experiência em Folha de S. Paulo, Veja, 6 Minutos e CNN Brasil | marcelo.sakate@exame.com


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame