Exame Invest
Mercados

OHL Brasil deve continuar na bolsa após trocar de mãos

PUBLICADO EM: 24.4.12 | 21H39
Empresa agora integra a Arbetis; ações tiveram alta de 30% em 2012
Trecho da rodovida Fernão Dias, administrada pela OHL

Além da OHL Brasil, o acordo também prevê a compra da OHL no Chile

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 1MIN

São Paulo – A OHL Brasil (OHLB3) deve continuar listada na Bovespa após uma troca de ações entre a sua controladora OHL e a também espanhola Abertis alterar o controle da companhia no Brasil, onde é concessionária das rodovias Régis Bittencourt, Fernão Dias, entre outras.

Segundo comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários, a empresa “seguirá com sua estratégia de desenvolvimento, a ser implementada por meio de novos projetos de crescimento”. Em 2012, as ações da OHL Brasil acumulam um alta de 30,33%, enquanto as da CCR sobem 22,14%. O Ibovespa teve aumento de 6,42% no período. Neste ano, as ações da Abertis caíram aproximadamente 7,5%.

Controle

A operação se deu com a cisão parcial da OHL Consesiones, subsidiária da OHL e que detém 100% da Partícipes – que, por sua vez, detém participação de 60% no capital da OHL Brasil. Sendo assim, a Abertis recebeu a OHL Brasil como resultado de uma reorganização que cedeu à OHL Concesiones 10% de seu capital. Segundo o fato relevante, a Abertis assumiu ainda os passivos de 530 milhões de euros da companhia.

A operação de cisão não prevê que sejam emitidas novas ações, já que a Arbetis entregaria em troca ações próprias. Além da OHL Brasil, o acordo também prevê a compra da OHL no Chile. A operação movimentará, aproximadamente, 200 milhões de euros.

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame