Exame Invest
MERCADOS

Os 10 gestores de recursos mais influentes do mundo

PUBLICADO EM: 9.9.11 | 17H08
Saiba quem são eles em uma lista preparada pela mais recente edição da revista Bloomberg Markets
George Soros dá palestra

George Soros é um dos mais influentes gestores do mundo, segundo a Bloomberg

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 3MIN

São Paulo – Há um pequeno grupo de 10 gestores de recursos que cuidam de trilhões de dólares de milhares de investidores e que, quando resolvem falar, são ouvidos por todos. As declarações são multiplicadas e replicadas globalmente e influenciam, quase que instantaneamente, as decisões de investimentos nos mercados financeiros.

Saiba quem são eles em uma lista preparada pela mais recente edição da revista Bloomberg Markets. É bem provável que você já tenha ouvido falar o nome desses gurus, mas se esse não é o seu caso, vai aí uma boa dica sobre quem o mercado mais respeita quando procura uma explicação coerente para momentos de crise aguda, como a que vivemos em 2011.

1 - Steven Cohen

O CEO da Capital Advisors gerencia 14 bilhões em ativos e ostenta retornos anuais de 30% desde a sua fundação em 1987. Aos 55 anos, Cohen está captando recursos para um novo fundo quantitativo após fechar o seu fundo de long-short para novos investidores.

2 - Ray Dalio

O gestor fundou a Bridgewater Associates e a tornou um dos maiores fundos de hedge do mundo e com um novo estilo de gestão.

3 - Laurence Fink

O CEO da BlackRock, aos 58 anos, ajudou a construir a maior gestora de recursos do mundo, com 3,7 trilhões de dólares. A reputação empresa fez com que ela fosse a escolhida pelo governo americano para realizar a gestão dos ativos tóxicos da Bear Stearns e da AIG durante a crise.


4 - Jeremy Grantham

O cofundador da GMO LLC costuma acertar em cheio nas suas declarações publicadas em cartas trimestrais. Ele alertou sobre a bolha imobiliária em abril de 2005 e, em março de 2009, alertou que o índice S&P500 estava barato.

5 - William Gross

Gross deriva a sua influência do cargo de gestão da Pacific Investment Management (Pimco), a maior gestora de títulos do mundo, com 246 bilhões de dólares. O seu termo “novo normal”, que alerta para um mundo de menor crescimento entrou no centro do debate econômico.

6 - Ho Ching

A executiva da Temasek Holdings faz a gestão de 153 bilhões de dólares em investimentos do fundo soberano da Singapura. O grupo tem um retorno anualizado de 21% desde a entrada de Ho em 2002.

7 - Lou Jiwei

Jiweu é o CEO da China Investment Corp, o maior e mais recente fundo soberano, fundado em 2007 e que possui 135 bilhões em seu portfólio global.

8 - Mark Mobius

Mobius é o chairman da Templeton Emerging Markets e ajudou os investidores em todo o mundo a olharem mais para as opções de investimentos na Ásia e na América Latina. O seu fundo Templeton Emerging Markets tem batido o seu benchmark nos últimos 10 anos com um retorno anualizado de 18,9%.

9 - James Simons

Mesmo com a sua saída do dia-dia da Renaissance Technologies, Simons continua conhecido como um dos melhores gestores quantitativos do mundo. Simons é o responsável pelo espetacular retorno de 35% do seu fundo Medallion desde 1989.

10- George Soros

George Soros, chefe do Soros Fund Management, é talvez o mais famoso da lista 10+ da Bloomberg. Ele estremece os mercados quando diz, por exemplo, que o outro está em uma bolha ou pede o refinanciamento dos bancos europeus.

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame