Exame Invest
Mercados

Ouro fecha em leve baixa diante da alta do dólar

PUBLICADO EM: 15.9.15 | 17H26
Analistas afirmam que o metal precioso vai oscilar dentro de uma faixa estreita até a decisão do banco central norte-americano ser anunciada
Analistas/Gerentes de crédito e risco

Ações: o contrato futuro mais ativo do metal precioso, para entrega em dezembro, terminou a sessão em queda de US$ 5,10 (0,46%), a US$ 1.102,60 por onça-troy, na Comex

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 1MIN

Londres - O ouro fechou em leve baixa, pressionado pela valorização do dólar e pelas expectativas com o fim da reunião de política monetária do Federal Reserve, na quinta-feira, 17.

Analistas afirmam que o metal precioso vai oscilar dentro de uma faixa estreita até a decisão do banco central norte-americano ser anunciada.

O contrato futuro mais ativo do metal precioso, para entrega em dezembro, terminou a sessão em queda de US$ 5,10 (0,46%), a US$ 1.102,60 por onça-troy, na Comex.

Os participantes dos mercados esperam que o Fed eleve os juros básicos antes do fim de 2015, mas o consenso é de que o movimento ocorrerá apenas em dezembro, e não na reunião desta semana.

Uma elevação dos juros básicos nos EUA reduzirá a atratividade do ouro, já que o ativo não paga juros e é custoso mantê-lo.

Alguns analistas preveem que o ouro continuará tendo suporte no curto prazo, em especial diante dos riscos impostos pela China.

"Tendo em vista as contínuas preocupações com a China, os problemas nos mercados emergentes e a probabilidade de o Fed manter os juros inalterados por não querer chacoalhar o barco, nós sentimos que o ouro continuará bem sustentado", comentou William Adams, diretor de pesquisa da Fastmarkets. Fonte: Dow Jones Newswires.

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame