Exame Invest
Mercados

Ouro recua 0,58% e atinge menor patamar em 6 meses

PUBLICADO EM: 14.2.13 | 17H13
A queda da demanda por moedas, barras e fundos de índices lastreados em ouro recuou 10% no ano passado, dado que fez contratos caírem
Barras e moedas de ouro

Ouro: o contrato do metal com entrega para abril teve desvalorização de 0,58% no pregão desta quinta-feira

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

Os contratos futuros de ouro negociados na Comex, a divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), fecharam em queda nesta quinta-feira, atingindo o menor nível em cinco meses. Um relatório divulgado mais cedo mostrou uma queda na demanda global pelo metal no ano passado, o que deixou os investidores cautelosos.

O contrato de ouro mais negociado, com entrega para abril, perdeu US$ 10,60 (0,58%), terminando a US$ 1.635,50 a onça-troy, o patamar mais baixo desde 20 de agosto de 2012.

O Conselho Mundial do Ouro (WGC, na sigla em inglês) divulgou que a demanda por moedas, barras e fundos de índices (ETFs, na sigla em inglês) lastreados em ouro caiu 10% em 2012. A demanda total global recuou 0,4%, para 4.405,50 toneladas, na primeira retração desde 2009.

"A Índia foi o verdadeiro motivo da queda", comentou Marcus Grubb, diretor-gerente de investimento do WGC. O aumento de impostos sobre a importação de ouro prejudicou as compras dos indianos, que são os maiores consumidores do metal no mundo. A demanda na Índia recuou 12% em 2012, para 864 toneladas.

As autoridades indianas estão tentando conter as importações de ouro, que ajudam a aumentar o déficit comercial do país. No mês passado, o governo elevou o imposto sobre importação do metal para 6%, de 4%. Mesmo assim, o WGC espera que a demanda indiana cresça este ano, assim como na China, que é a segunda maior consumidora mundial. A organização prevê uma alta de 0,1% a 3,5% na demanda indiana, e um crescimento de 0,5% a 13% nas compras de ouro da China.

Este ano os futuros de ouro acumulam perda de 2,4%. O metal geralmente é comprado em períodos de turbulência em outros mercados e como uma forma de proteção contra a inflação, mas com uma melhora no sentimento global recentemente e a inflação sob controle nos maiores países desenvolvidos, os investidores têm colocado seu dinheiro em ativos mais arriscados.

Enquanto isso, o mercado físico está sem os investidores chineses esta semana, que estão de folga em função do feriado prolongado do Ano Novo Lunar. As informações são da Dow Jones.

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame