MERCADOS

PDG Realty dispara após atingir meta de lançamentos para 2011

PUBLICADO EM: 3.1.12 | 12H37
Papel da empresa subiu 3,8%, para R$ 6,47. Se fosse fechada nesse preço seria a maior cotação da ação desde dezembro
Condomínio da PDG Realty

A PDG disse que os lançamentos em 2011 somaram R$ 9,01 bilhões, um crescimento de 29% em relação a 2010

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 1MIN

São Paulo - A PDG Realty SA Empreendimentos e Participações, maior construtora do País em receita, subia em direção à maior alta em um mês após atingir a meta de lançamentos de 2011.

A ação subia 3,8 por cento para R$ 6,47 às 12:36. O fechamento neste preço seria a maior cotação desde 7 de dezembro. O índice BM&FBovespa Real Estate avançava 1,6 por cento.

A PDG disse que os lançamentos em 2011 somaram R$ 9,01 bilhões, um crescimento de 29 por cento em relação a 2010, segundo comunicado enviado ontem ao mercado. O valor está no piso da meta para o ano, entre R$ 9 bilhões e R$ 10 bilhões.

“Vemos os resultados operacionais como sólidos, a PDG conseguiu cumprir com sua meta e a velocidade de vendas foi mantida praticamente estável”, disseram analistas do Bradesco BBI incluindo Luiz Mauricio Garcia, em nota enviada ontem a clientes.

As vendas contratadas subiram 16 por cento para R$ 2,04 bilhões no quarto trimestre na comparação anual, segundo o comunicado. No ano, elas subiram 15 por cento para R$ 7,48 bilhões, disse a companhia.

O preço de imóveis no país subiu 1,4 por cento em novembro na comparação mensal, segundo a Fipe. O Índice de Preços ao Consumidor Amplo acelerou a alta para 0,52 por cento em novembro, ante os 0,43 por cento de outubro, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística.

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame