Exame Invest
Mercados

Petrobras segue em ritmo trágico na Bolsa

PUBLICADO EM: 16.12.14 | 9H48
As ações da estatal estão sendo impactadas pelos escândalos de corrupção
Presidente da Petrobras Graça Foster acredita que recuperação do setor de etanol deve levar um ou dois anos

As ações da estatal estão sendo impactadas pelos escândalos de corrupção

Foto de Exame Solutions da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Exame Solutions

Apresentado por



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 11MIN

São Paulo - As ações preferenciais da Petrobras chegaram a liderar as perdas do Ibovespa no pregão desta terça-feira. Os papéis registravam queda de 6,75%, na mínima do dia e ajudavam a derrubar o principal índice da Bolsa, que caia 1,22%.

Desde ontem, os papéis da Petrobras registram desvalorização de 13%.

As ações da estatal estão sendo impactadas pelos escândalos de corrupção. A Petrobras também prometeu que divulgaria seu balanço do terceiro trimestre e não o fez.

Na sexta-feira, a companhia apresentou apenas alguns números de sua operação. O balanço não auditado deve ser apresentando no dia 31 de janeiro.

Somado a isso, as ações foram impactadas pelo preço do petróleo, que renovou a mínima em cinco anos devido aos os temores de excesso de produção se sobrepondo às notícias de redução nas exportações da Líbia. O valor do barril foi negociado a 55,91 dólares, o menor desde maio de 2009.

Diante da situação da companhia, surgiram alguns rumores sobre a troca de gestão. Segundo informações da Folha de S. Paulo, desta terça-feira, um dos possíveis nomes para o lugar de Graça Foster seria o de Murilo Ferreira, atual presidente da Vale.

Foto de Exame Solutions da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Exame Solutions

Apresentado por


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame