Exame Invest
MERCADOS

Petróleo fecha em alta forte em dia de recuperação técnica

PUBLICADO EM: 14.1.15 | 18H34
Na New York Mercantile Exchange (Nymex), os contratos de petróleo bruto para fevereiro fecharam a US$ 48,48 por barril, em alta de US$ 2,29 (5,64%)
Vista de uma plataforma de petróleo em Novo México, nos Estados Unidos

Petróleo: em termos porcentuais, a alta em Nova York foi a maior desde junho de 2012

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

Nova York - Os preços do petróleo tiveram uma alta forte nesta quarta-feira, 14, apesar de o Departamento de Energia dos EUA (DoE) ter informado que os estoques norte-americanos de petróleo bruto tiveram um crescimento de 5,389 milhões de barris na semana passada, quando a expectativa era um crescimento de 500 mil barris.

Em termos porcentuais, a alta em Nova York foi a maior desde junho de 2012.

"Como o complexo de energia tornou-se tecnicamente supervendido, a possibilidade de recuperações consideráveis intraday cresceu. Mas essas reversões não mudam nossa opinião negativa sobre esse mercado", comentou em nota a consultoria Ritterbusch & Associates.

As opções de petróleo bruto para fevereiro venceram após o fechamento do mercado em Nova York, o que pode ter contribuído para a volatilidade verificada ao longo do dia.

No começo da tarde, o preço do petróleo Brent chegou a ficar momentaneamente abaixo do preço do petróleo WTI, negociado em Nova York.

Participantes do mercado disseram que a alta dos preços obrigou traders que haviam apostado em novas quedas a comprar para cobrir posições, o que contribuiu para a alta dos preços ganhar tração no fim da sessão.

Na Intercontinental Exchange (ICE), os contratos do Brent para fevereiro vencem nesta quinta-feira após o fechamento,

Na New York Mercantile Exchange (Nymex), os contratos de petróleo bruto para fevereiro fecharam a US$ 48,48 por barril, em alta de US$ 2,29 (5,64%).

Na ICE, os contratos do petróleo Brent para fevereiro fecharam a US$ 48,69 por barril, em alta de US$ 2,10 (4,51%).

Fonte: Dow Jones Newswires.

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame