Exame Invest
MERCADOS

Possível oferta de compra da Fibria faz ações dispararem na Bolsa

PUBLICADO EM: 29.1.18 | 11H05
ATUALIZAÇÃO: 29.1.18 | 17H10
De acordo com a coluna de Lauro Jardim, grupo asiático-holandês que comprou a Eldorado estaria interessado na Fibria
Fibria (FIBR3)

Fibria: na máxima do dia, papéis da companhia subiram 9%

Imagem da Editoria Exame Invest
Rita Azevedo



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 1MIN

São Paulo -- As ações da Fibria começaram a semana em disparada com rumores sobre uma possível oferta de compra. De acordo com a coluna de Lauro Jardim no jornal O Globo, o BTG está com mandato do grupo asiático-holandês Paper Excellence para a aquisição da companhia.

Em setembro do ano passado, o mesmo grupo comprou a Eldorado Celulose por 15 bilhões de reais. A nova operação, segundo o colunista, seria na mesma magnitude financeira.

Apesar de o interesse não ter sido confirmado pela Fibria, os investidores se animaram. Na máxima do dia, os papéis da empresa chegaram a subir 9%. Às 17h, a alta era de 5,7%, para 55,61 reais.

Desde o começo do ano, as ações da Fibria acumulam alta de quase 17%. No mesmo período, o Ibovespa teve ganhos de cerca de 10%.

Balanço

A Fibria deve liberar hoje seus dados financeiros referentes ao quarto trimestre de 2017, inaugurando a temporada de balanços. A divulgação será feita após o fechamento dos mercados.

Os números devem confirmar o bom momento operacional vivido pela empresa, como ressalta o EXAME Hoje.

No terceiro trimestre, a empresa anunciou lucro de 742 milhões de reais, quase 26 vezes acima do resultado alcançado um ano antes. O faturamento no trimestre cresceu 24%, para 2,84 bilhões de reais.

Fora isso, uma nova fábrica, em Três Lagoas (MS), colocou a companhia num novo ciclo de expansão com menos necessidade de investimentos.

 

 

 

Imagem da Editoria Exame Invest
Rita Azevedo


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame