Exame Invest
MERCADOS

Promessa saudita de garantir produto faz petróleo cair

PUBLICADO EM: 20.3.12 | 21H36
O petróleo para entrega em abril fechou em queda de US$ 2,48 na Nymex, a US$ 105,61 o barril
Refinaria de petróleo

Apesar de reduzido, o novo valor ainda representa um aumento de 0,94 mbd em comparação com 2011

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 1MIN

Nova York - Os contratos futuros de petróleo fecharam em queda nesta terça-feira na bolsa mercantil de Nova York (Nymex) depois de autoridades sauditas terem indicado na segunda-feira que o maior exportador mundial da commodity agirá para conter a recente alta do preço nos mercados internacionais.

O petróleo para entrega em abril fechou em queda de US$ 2,48 (2,29%) na Nymex, a US$ 105,61 o barril. Na plataforma eletrônica ICE, o Brent para maio caiu US$ 1,59 (1,26%), encerrando em US$ 124,12 o barril.

Ontem, o governo da Arábia Saudita anunciou que trabalhará sozinho, mas em coordenação com outros produtores e consumidores, com o objetivo de assegurar o fornecimento de petróleo, a estabilidade do mercado e preços justos para a commodity. Hoje, o ministro do Petróleo saudita, Ali Naimi, lembrou que seu país possui capacidade ociosa de produção de 2,5 milhões de barris por dia. Isso significa que o país poderia aumentar a produção de imediato para 12,5 milhões de barris/dia se necessário, disse ele à agência Bloomberg.

"O mercado está percebendo que o suprimento de petróleo está aumentando no curto prazo", disse Andy Lipow, presidente da consultoria Lipow Oil Associates. As informações são da Dow Jones.

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame