Exame Invest
MERCADOS

Queda recente das ações da Odontoprev chama atenção, diz analista

PUBLICADO EM: 22.1.12 | 14H11
Concórdia Corretora incluiu os papéis da empresa em sua carteira recomendada
Dentista atende paciente

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 1MIN

São Paulo – A queda recente nas ações da operadora de planos odontológicos Odontoprev (ODPV3) abriu espaço interessante para os investidores que desejam se posicionar no papel, afirma a Concórdia Corretora. Em 30 dias, os papéis acumulam queda de 8,76%, enquanto no ano a alta é de 2,48%.

O preço-alvo para as ações é de 31,29 reais, o que representa um potencial de valorização de 20,81% frente ao preço de fechamento de sexta-feira. A recomendação é de compra. Os papéis entraram na carteira recomendada da corretora nesta semana no lugar das ações da Duratex (DURA3).

O analista Leonardo Girela Zanfelicio lembra que a Odontoprev é líder absoluta em planos exclusivamente odontológicos no país, respondendo por mais de um terço do mercado. Além disso, a empresa está bem acompanhada por parceiros estratégicos como o banco Bradesco e o Banco do Brasil.

“Outro ponto importante é o perfil defensivo das ações que, desde sua abertura de capital, vem conseguindo aliar crescimento com retorno aos acionistas”, explica. 

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame