Quem ganha e perde na bolsa com a alta do dólar | Exame Invest
Exame Invest
MERCADOS

Quem ganha e perde na bolsa com a alta do dólar

PUBLICADO EM: 27.11.12 | 14H30
Usiminas e Fibria seriam as mais beneficiadas na bolsa no caso do dólar continuar subindo, já a GOL seria a grande prejudicada
Bobinas de metal da Usiminas

A Usiminas é a empresa que mais se beneficiaria de uma nova alta do dólar

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 3MIN

São Paulo - Após quatro semanas de depreciação, o Banco Central brasileiro interviu no mercado na sexta-feira para limitar a subida do dólar aos 2,10 reais atuais. No entanto, na opinião dos analistas do Bank of America Merrill Lynch, o real pode depreciar ainda mais no começo de 2013 se o PIB não crescer tão rapidamente quanto o esperado.

Imaginando que isso aconteça, os analistas projetaram um cenário em que a moeda deprecie mais 10% e analisaram quais empresas sairiam ganhando ou perdendo nesta situação.

As ações relacionadas a commodities são as mais beneficiadas, com Usiminas e Fibria no topo da lista, visto que enquanto o dólar subia, suas ações tiveram altas de mais de 10% em relação ao Ibovespa. Os analistas estimam que, com uma nova depreciação do real, essas ações podem chegar a subir 34,9% e 33,2%, respectivamente.

CSN, Magnesita, Braskem, Embraer, Multiplus e Vale também se beneficiariam de nova alta do dólar, mas olhando para o desempenho desses papéis entre os dias 7 e 23 de novembro, quando o dólar subía, todas elas tiveram performance inferior à do Ibovespa.

Na outra ponta, as grandes perdedoras são GOL, M. Dias Branco e JBS. Apesar das empresas brasileiras já estarem muito menos expostas à depreciação do real do que já estiveram no passado – a maioria já emite títulos de dívida em moeda local -, essas três ainda são bastante prejudicadas pela variação do dólar.

De acordo com a projeção, a companhia aérea seria a mais prejudicada, com desvalorização de 96,36%. Nas duas semanas em que o dólar subiu, os papéis tiveram desempenho inferior ao do Ibovespa em 7,2%. 

Empresa Código Possivel valorização Performance em relação ao Ibovespa entre 7 e 23/11
Usiminas USIM5 34,90% 11,00%
Fibria FIBR3 33,20% 12,20%
CSN CSNA3 33,00% -4,60%
Magnesita MAGG3 32,00% 0,40%
Suzano SUZB5 31,60% 13,70%
Braskem BRKM3 30,40% -4,30%
Embraer EMBR3 25,90% 1,00%
GerdauGGBR3 22,40% 4,90%
Multiplus MPLU3 21,30% -0,40%
Vale VALE5 18,50% -0,80%
JBS JBSS3 -6,60% -7,50%
M. Dias BrancoMDIA3 -19,10% -0,80%
GOL GOLL4 -96,30% -7,20%


Leia também

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame