Exame Invest
MERCADOS

Receio com Espanha impede ações europeias de subirem

PUBLICADO EM: 30.4.12 | 9H37
As perdas foram limitadas pelos ganhos em setores considerados defensivos
Queda na bolsa europeia

O índice FTSEurofirst 300 das principais economias europeias tinha queda de 0,16 por cento, com 1049 pontos

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 1MIN

Paris - As ações europeias caíram no início da segunda-feira em um pregão volátil e interromperam uma quarta sessão de rali, puxadas pelas contínuas preocupações com as finanças da Espanha. Às 8h15 (horário de Brasília), o índice FTSEurofirst 300 das principais economias europeias tinha queda de 0,16 por cento, com 1049 pontos.

As perdas foram limitadas pelos ganhos em setores considerados defensivos. Ações de farmacêuticas como da Astrazeneca e da GlaxoSmithKline subiam cerca de 1 por cento e 0.6 por cento, respectivamente. A crise da zona do euro estava de volta entre os investidores após dados mostrarem que o Produto Interno Bruto (PIB) da Espanha encolheu 0,3 por cento de janeiro a março em uma base trimestral, batendo as previsões dos economistas, mas ainda mostrando que o país está caindo em recessão.

"Dado o contínuo aumento do desemprego e uma economia em colapso, ministros espanhóis podem ter que enfrentar, sem ter nenhuma outra opção, algum tipo de resgate financeiro", afirmou o analista de mercados sênior da CMC Markets, Michael Hewson. 

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame