Exame Invest
Mercados

Reforma na gaveta e tudo para ler antes de a Bolsa abrir

PUBLICADO EM: 5.2.18 | 7H42
Segundo informações da Folha de S. Paulo, o presidente da Câmara teria se irritado com a falta de articulação do governo e pretende engavetar o projeto
camara-deputados-rodrigo-maia-20170215-028

Rodrigo Maia: deputado não deve marcar nova data para votar a reforma da Previdência

Imagem da Editoria Exame Invest
Fernando Pivetti



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

São Paulo – Leia as principais notícias desta segunda-feira (05) para começar o dia bem informado:

As quentes do dia

Maia quer engavetar texto da reforma da Previdência. Presidente da Câmara não deve agendar nova data para votação e deve colocar a culpa do fracasso no Planalto. Meirelles continua defendendo texto sem alterações.

Itaú divulga seu balanço anual nesta segunda-feira. Lucro do banco deve subir 7% na comparação com o 4º trimestre de 2016, para 6,24 bilhões de reais.

Em gravação de 2014, Cristiane Brasil ameaça servidores, diz TV Globo. Programa Fantástico teve acesso ao áudio de uma reunião convocada pela parlamentar, em 2014.

Política e mundo

Congresso volta do recesso com foco total na Previdência. Rapidez será fundamental para o Congresso logo no primeiro semestre do ano.

Juiz do TRF1 manda devolver passaporte a Lula. Ex-presidente estava sem passaporte desde a semana passada, quando a Justiça Federal o proibiu de sair do país.

Temer diz que eventual candidatura será analisada em junho. Ele apontou o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), como um bom candidato, mas pediu que só lhe perguntassem qual será o seu nome para o Planalto em junho.

Aliados tentam reunir Alckmin e Temer nas eleições. Interlocutores querem reaproximar o governador tucano do presidente e abrir a discussão sobre possível acerto eleitoral entre PSDB e MDB.

Defesa de Lula recorre ao STF para evitar prisão. No habeas corpus, a defesa de Lula pretende derrubar a decisão do vice-presidente do STJ, que negou o primeiro pedido dos advogados.

Fachin autoriza novo inquérito contra Lúcio Vieira Lima. O deputado é suspeito de ter ameaçado e pressionado o ex-ministro da Cultura Marcelo Calero. Agora são quatro inquéritos que investigam o deputado no STF.

Gasolina, etanol e diesel renovam novas máximas nos postos. Os valores da gasolina subiram 0,55% ante a semana anterior, para uma média nacional de 4,221 reais por litro.

Moraes autoriza abertura de novo inquérito contra Kassab. No pedido, a PGR citou que Wesley Batista delatou supostos pagamentos mensais de propina, em torno de R$ 350 mil em favor do ministro.

Enquanto você desligou...

Justiça libera navio da Minerva para exportar bois vivos. Liminar suspende a decisão que vetou a exportação de gado vivo pelo Brasil e proibiu a saída do navio do país.

Herdeiro da Samsung é libertado após condenação ser suspensa. Lee Jae-yong tinha sido condenado em agosto passado a cinco anos de prisão.

Embraer diz que não aceitou nem recebeu proposta da Boeing. A Boeing teria apresentado na quinta-feira ao governo brasileiro a proposta de criar uma terceira empresa para unir as operações com a Embraer.

Eletrobras fica com passivos de distribuidoras. Para viabilizar a venda de seis distribuidoras, a dívida dessas empresas deve ser assumida pela holding.

Agenda do dia

Nesta segunda-feira, o Banco Central divulga o Boletim Focus da semana. Nos Estados Unidos, sai o PMI ISM Não-Manufatura de janeiro.

Imagem da Editoria Exame Invest
Fernando Pivetti


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame