Exame Invest
MERCADOS

Tesouro Direto adia abertura de operações nesta quinta-feira

PUBLICADO EM: 10.9.15 | 8H55
A expectativa de normalização das operações deve ocorrer por volta das 11 horas desta quinta-feira
Tesouro Direto oferece títulos indexados à inflação

Normalização das operações deve ocorrer por volta das 11 horas

Foto de Exame Solutions da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Exame Solutions

Apresentado por



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 9MIN

São Paulo - O Tesouro Direto suspendeu as operações no Brasil na noite da última quarta-feira, após a agência de classificação de risco Standard & Poor's cortar o rating do país para "BB+" ante "BBB-".

Em nota divulgada, o Tesouro afirma que a expectativa de normalização das operações deve ocorrer por volta das 11 horas desta quinta-feira.

Bolsa

Com o rebaixamento da nota de risco do Brasil a previsão é de forte alta para o dólar e para os juros, enquanto a BMF&Bovespa tende a cair num primeiro momento.

Segundo o analista, Flavio Conde, a moeda americana pode chegar a ser negociada a 4 reais. Ontem, o dólar fechou em 3,80 reais.

Entre as ações que devem ser mais impactadas pela decisão da Standard & Poor's Conde aponta os papéis das estatais, Petrobras, Eletrobras e Banco do Brasil.

Além disso, ele cita ainda as ações dos bancos Itaú, Bradesco e Santander.

Foto de Exame Solutions da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Exame Solutions

Apresentado por


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame