Exame Invest
Mercados

Triunfo nega estudos para nova emissão de ações

PUBLICADO EM: 20.4.12 | 12H24
Informação teria sido dada pelo presidente da empresa em entrevista a um jornal
9. Viracopos

Segundo a matéria, a receita da empresa com o vencimento do leilão de Viracopos poderia chegar a R$ 2 bi até 2016

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 1MIN

São Paulo – A Triunfo (TPIS3) negou a previsão para realizar uma nova emissão de ações, segundo esclarecimento enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM). A nota veio em resposta à entrevista do presidente da empresa, Carlo Alberto Bottarelli, ao jornal Valor Econômico.

A matéria publicada constava que só com os projetos existentes a empresa calculava dobrar seu faturamento para 1,6 bilhão reais em quatro anos. Se somadas as receitas provenientes da Vetria Mineração, formada em parceria com a ALL e a Vetorial Mineração, e do aeroporto de Viracopos, o faturamento chegaria a 2 bilhões de reais até 2016.

A companhia informou que a entrevista concedida tinha como foco a apresentação da Triunfo. “As informações referentes às expectativas de receita não partiram de dados oficiais, mas sim de analogia”, afirmou.

Ao ser questionado sobre o ritmo de crescimento esperado para os próximos anos, considerando que a companhia dobrou seu faturamento nos últimos quatro anos, o diretor presidente ressaltou que: "era possível esperar uma performance semelhante até 2016, mesmo só com os projetos existentes; e com a entrada de novos negócios, a receita poderia crescer ate 2,5 vezes mais".

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame