Exame Invest
Mercados

Valor do Facebook passa dos US$ 100 bilhões

PUBLICADO EM: 24.2.12 | 6H36
Antes mesmo do IPO, valor da empresa de Mark Zuckerberg alcançou os US$ 103 bilhões em um mercado onde poucos podem operar
Outdoor com botão "Like" do Facebook

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

São Paulo – Enquanto muitos permanecem céticos em relação ao valor que o Facebook, de Mark Zuckerberg, pode alcançar após seu IPO (oferta inicial de ações), o preço das ações no mercado privado sobe. E muito.

No mercado acionário “convencional”, a expectativa é que a venda de ações da rede social movimente 5 bilhões de dólares, o que levaria o valor da empresa para 100 bilhões de dólares. Alguns especialistas acreditam que esse montante é alto demais, embora alguns mecanismos do mercado financeiro possam garantir o valor.

No mercado privado, porém, não só o site já alcançou esse valor como passou dele. Segundo uma reportagem publicada no site da Bloomberg, as ações da rede alcançaram no mercado privado o patamar de 44 dólares neste mês, dando para a empresa um valor de mercado de 103 bilhões de dólares. Com todo burburinho que gira em torno da oferta, a base de acionistas da empresa também é bastante grande. Enquanto o normal é que uma empresa tenha entre 50 e 100 acionistas antes de se tornar pública, o Facebook já tem 1.000 investidores, segundo uma pesquisa da consultoria de mercado financeiro PrivCo. 

Justamente por fazer com que o valor da companhia passe o montante esperado, os ganhos para quem aplicar logo no IPO do Facebook podem ser limitados, já que a empresa está cotada em um patamar muito alto.

De acordo com as regras da Securities and Exchange Commission (SEC, equivalente a CVM americana), podem negociar no mercado privado investidores com mais de 1 milhão de dólares para aplicar e alguns funcionários das próprias empresas. Esse mercado é fomentado por empresas como a SecondMarket e a SharesPost, com ambientes de negociação que funcionam de maneira parecida como uma bolsa de valores, mas com acesso limitado. Essas companhias não estão comemorando o potencial do IPO do Facebook e correm o risco de entrar no pequeno grupo de quem não vai ficar feliz com a oferta de ação.

http://d1nfmblh2wz0fd.cloudfront.net/items/loaders/loader_1063.js?aoi=1311798366&pid=1063&zoneid=14729&cid=&rid=&ccid=&ip=

http://d1nfmblh2wz0fd.cloudfront.net/items/loaders/loader_1063.js?aoi=1311798366&pid=1063&zoneid=14729&cid=&rid=&ccid=&ip=

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame