Exame Invest
Minhas Finanças

Começa o pagamento do auxílio emergencial 2021; veja como receber

PUBLICADO EM: 6.4.21 | 0H00
ATUALIZAÇÃO: 9.4.21 | 2H42
Benefício começa a ser pago nesta terça-feira, 6, para nascidos em janeiro. Veja como vai funcionar
Pessoas fazem fila para buscar ajuda com pedidos de auxílio-desemprego em centro de carreira de Kentucky

Ordem de pagamento e prazo para saque serão mantidos na segunda rodada do benefício, vigente até agosto (REUTERS)

Imagem da Editoria Exame Invest
Marília Almeida

Repórter de Invest marilia.almeida@exame.com



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 4MIN

A Caixa começa a pagar nesta terça-feira, 6, o auxílio emergencial 2021. O calendário de crédito em conta digital segue até o dia 22 de agosto.

As dívidas tiram o seu sono e você não sabe por onde começar a se organizar? A EXAME Academy mostra o caminho

Assim como em 2020, os pagamentos serão escalonados, de acordo com o mês de nascimento do beneficiário. Nesta terça-feira, portanto, o pagamento será iniciado para os nascidos em janeiro.

O processo de pagamento também será mantido. O dinheiro será disponibilizado primeiro na conta poupança social digital. Somente depois ficará disponível para saque ou transferência, também de acordo com o mês de nascimento. Portanto, saques e transferências para quem recebe o crédito nesta terça-feira serão liberados a partir do dia 4 de maio.

Também assim como no ano passado, os beneficiários do Bolsa Família com direito ao auxílio continuam a receber conforme o calendário habitual.

Para reforçar o atendimento, a Caixa contratou 7,7 mil colaboradores para atuar em cerca de 4,2 mil agências no país. O banco afirma ter também intensificado os protocolos de combate à Covid-19 , reforçando a higienização e o distanciamento nas agências.

Veja abaixo o calendário do pagamento do auxílio emergencial 2021. O calendário completo está disponível no site.

Calendário do auxílio emergencial 2021

Calendário do auxílio emergencial 2021 (Caixa/Reprodução)

O primeiro pagamento do novo auxílio para os beneficiários do Bolsa Família será no dia 16 de abril. Acompanhe no calendário abaixo:

Calendário Auxílio Emergencial 2021 - Bolsa família

Calendário Auxílio Emergencial 2021 - Bolsa família (Caixa/Reprodução)

Como evitar a ida às agências e sacar o benefício online?

A conta poupança social digital não cobra tarifas de manutenção caso o limite mensal de movimentação seja de até 5 mil reais. A movimentação do valor dos benefícios pode ser realizada digitalmente por meio do uso do aplicativo Caixa Tem. Basta baixá-lo em um smartphone e seguir o passo a passo para autenticar o uso.

Pelo aplicativo, é possível realizar compras em supermercados, padarias, farmácias e outros estabelecimentos com o cartão de débito virtual e QR Code. O trabalhador também pode pagar contas de água, luz, telefone, gás e boletos em geral pelo próprio aplicativo ou nas lotéricas pela opção “Pagar na Lotérica”.

Caso tenha dificuldades em fazer pagamentos online, após o prazo previsto no calendário os beneficiários poderão transferir os recursos para contas em qualquer banco, sem custo, ou realizar o saque em terminais de autoatendimento e casas lotéricas.

Quem tem direito ao auxílio emergencial em 2021?

Pelas novas regras, estabelecidas pela Medida Provisória 1.039/2021, o auxílio será pago às famílias com renda mensal total de até três salários mínimos, desde que a renda por pessoa seja inferior a meio salário mínimo.

É necessário que o beneficiário já tenha sido considerado elegível até o mês de dezembro de 2020, pois não haverá uma nova fase de inscrições.

Fundos que rendem e que estão prontos para uma emergência? Temos! Assine a EXAME Research

Para quem recebe o Bolsa Família, continua valendo a regra do valor mais vantajoso. A família receberá o benefício com maior valor, seja a parcela paga no âmbito do programa, seja o valor do auxílio emergencial.

O valor médio do benefício será de 250 reais, variando de 150 reais a 375 reais, a depender do perfil do beneficiário e da composição de cada família. Veja abaixo as principais condições:

  • famílias, em geral, vão receber R$ 250
  • família monoparental, chefiada por uma mulher, vai receber R$ 375;
  • pessoas que moram sozinhas vão receber R$ 150

Não tem direito ao auxílio emergencial 2021 quem:

  • tem emprego formal ativo;
  • recebe benefício previdenciário, assistencial ou trabalhista ou de programa de transferência de renda federal, com exceção do abono salarial PIS/PASEP e o Programa Bolsa Família;
  • tem renda familiar mensal por pessoa acima de meio salário-mínimo;
  • seja membro de família que tenha renda mensal total acima de três salários mínimos;
  • more no exterior,
  • tenha recebido, em 2019, rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70;
  • tinha, em 31 de dezembro de 2019, a posse ou a propriedade de bens ou direitos, de valor total superior a R$ 300 mil
  • tenha recebido, em 2019, rendimentos isentos, não tributáveis ou tributados exclusivamente na fonte, cuja soma foi superior a R$ 40 mil reais;
  • tenha sido incluído, em 2019, como dependente de declarante do Imposto sobre a Renda
  • esteja preso em regime fechado ou tenha seu CPF vinculado à concessão de auxílio-reclusão;
  • tenha menos de 18 anos, exceto no caso de mães adolescentes;
  • possua indicativo de óbito em bases de dados do governo ou tenha CPF vinculado à pensão por morte;
  • esteja com o auxílio emergencial cancelados no momento da avaliação de elegibilidade;
  • não tenha movimentado os valores disponibilizados na poupança social digital aberta;
  • seja estagiário, residente médico ou residente multiprofissional ou beneficiário de bolsa de estudo

Como saber se foi aprovado para receber o auxílio emergencial?

A Dataprev realizou o cruzamento dos dados das pessoas cadastradas no grupo de beneficiários com os critérios do novo programa. A consulta já está disponível desde o dia 2 de abril no site ou pela central 111.

Qual o papel da Caixa no auxílio emergencial?

A Caixa é quem paga os benefícios. Ou seja, o banco não participa e nem interfere no processo de avaliação dos critérios de exigências para recebimento dos valores.

O ministério da Cidadania coordena a identificação e o pagamento das famílias elegíveis ao auxílio emergencial. Já a Dataprev faz o cruzamento de dados e informa à Caixa os elegíveis a receber o benefício.

Tem dúvidas? Busque o atendimento do banco

A central telefônica 111 da Caixa funciona de segunda a sexta, das 7h a 22h pode solucionar dúvidas sobre o pagamento do auxílio. O site sobre o pagamento do benefício, bem como as redes sociais do banco, também podem dar suporte a eventuais problemas e questionamentos.

Imagem da Editoria Exame Invest
Marília Almeida

Repórter de Invest marilia.almeida@exame.com


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame