Exame Invest
Minhas Finanças

PicPay começa a oferecer crédito pessoal pelo aplicativo

PUBLICADO EM: 22.2.21 | 6H00
ATUALIZAÇÃO: 22.2.21 | 0H18
Até fevereiro super app irá dar 90 dias de carência para pagamento da 1ª parcela; juros começam em 1,99% ao mês
picpay

Depois do lançamento de cartão de crédito próprio e nova linha de empréstimos, próximo passo pode ser empréstimos entre amigos

Imagem da Editoria Exame Invest
Marília Almeida

Repórter de Invest marilia.almeida@exame.com



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 3MIN

O PicPay agora passa a oferecer crédito pessoal na sua plataforma com o objetivo de se consolidar como um marketplace financeiro. O pontapé foi dado para uma base de 14 milhões de clientes, que podem ter crédito pré-aprovado em conta, disse Frederico Trevisan, head de crédito e cartões do PicPay, à EXAME Invest.

A oferta amplia as alternativas para os consumidores em um dos segmentos mais disputados do mercado, que é o de concessão de empréstimos. “O usuário do PicPay tem uma alta demanda de produtos de crédito e enxergamos que eles são complementares ao nosso portfólio de serviços financeiros. Além de ser um produto importante para o negócio, a oferta está em linha com o momento do mercado de concessão em alta e de taxas mais atrativas”, diz Trevisan.

Quer investir com a assessoria do maior banco de investimentos da América Latina? Abra uma conta no BTG Pactual digital

Com mais de 40 milhões de usuários cadastrados e sem o risco da operação, o PicPay funciona como um canal de distribuição para esses produtos.

O primeiro parceiro a oferecer o crédito pelo app será o banco Original, mas a ideia é conectar diversos players, de forma que haja concorrência na plataforma e disputa por oferta de taxas melhores aos usuários do super app. Desse modo, a iniciativa é um passo em direção ao open banking, sistema que tem a promessa de ampliar e baratear a oferta de produtos financeiros para consumidores e empresas.

A interação dentro da plataforma e a capacidade de inteligência artificial do super app permite que a oferta do crédito pré-aprovado seja mais assertiva. Toda a gestão operacional é feita pelo PicPay, o que otimiza e reduz os custos para as instituições que concedem o crédito.

Histórico e futuro

O super app deu o primeiro passo no segmento de crédito em julho do ano passado, quando lançou um cartão de crédito próprio, internacional e com bandeira Mastercard. Entre os benefícios do produto está a isenção de anuidade, parcelamento em até 12 vezes e cashback de 5% em compras com QR Code pelo app, no limite de 1 mil reais por mês.

Agora a expectativa é integrar outros serviços e modalidades à prateleira do super app ao longo do ano. O destaque é o atual projeto piloto de empréstimos entre amigos, prática comum no Brasil que poderá ganhar intermediação do super app. Por enquanto, o super app não dá mais detalhes sobre o possível novo produto.

Condições do crédito e como contratar

Se por um lado a concessão de empréstimos na plataforma agiliza a vida dos parceiros, do lado do tomador ela encurta caminhos e facilita a utilização dos recursos.

A partir do momento em que o cliente contrata e recebe o dinheiro na plataforma, ele já pode usá-lo para pagar boletos, realizar transferências, consumir e fazer render o que está parado na conta. O pagamento das parcelas pode ser feito no próprio app.

“Quando o cliente consegue ter o cartão vinculado à carteira, consumir e ainda ter empréstimo em um lugar só, o PicPay se consolida como a principal wallet dele”, diz Trevisan.

Caso o cliente tenha uma oferta pré-aprovada no app do PicPay, ele terá disponível o botão de crédito pessoal. Durante o lançamento, o produto terá uma carência de 90 dias para o pagamento da primeira parcela. A ação vale até o fim de fevereiro.

As taxas variam de 1,99% a 7,99% ao mês e os prazos são de até 48 meses para quitação do empréstimo. Uma vez aprovado, o crédito é feito na conta do PicPay.

Ainda não tem conta no PicPay? Novos clientes poderá ter acesso ao crédito, caso sejam elegíveis, cerca de um mês e meio após o cadastro.

Imagem da Editoria Exame Invest
Marília Almeida

Repórter de Invest marilia.almeida@exame.com


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame