Rumo à riqueza: a estratégia de Carol Dias para ficar milionária na bolsa | Exame Invest
Exame Invest
Minhas Finanças

Rumo à riqueza: a estratégia de Carol Dias para ficar milionária na bolsa

PUBLICADO EM: 11.3.21 | 6H11
ATUALIZAÇÃO: 11.3.21 | 13H24
Carol Dias, consultora financeira e ex-modelo no 'Pânico', tem R$ 4 milhões em patrimônio, 6 milhões de seguidores no Instagram e defende a diversificação da carteira de ativos
Carol-Dias-consultora-financeira

Carol Dias: o primeiro R$ 1 milhão foi investido em previdência privada

Foto de Karla Mamona da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Karla Mamona

Repórter da Exame



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 3MIN

Aos 28 anos, trabalhando como modelo no programa “Pânico na Band”, Carol Dias alcançou o seu primeiro 1 milhão de reais. Hoje, aos 33 anos, ela tem quase 4 milhões de reais. Um dos caminhos seguidos para multiplicar o dinheiro foi investir no mercado financeiro. 

Há cerca de dez anos, Dias é investidora. Em entrevista à EXAME Invest, ela conta que tem um perfil arrojado e que aplica 80% do portfólio em renda variável e o restante em renda fixa.

A estratégia de investimentos em ações é focada tanto em empresas que pagam dividendos como em papéis que possam apresentar forte valorização.“Eu tenho um valor separado para comprar quando a bolsa cai. Meu caixa está em fundo DI. Quando o Ibovespa desabou para 65.000 pontos (em março de 2020), fiz a festa. Estou sempre atenta.”


Recomendado para você

Além de ações, Dias investe em fundos multimercados e uma pequena parcela em bitcoin. Em criptomoeda, ela investe menos do que 10%, mas deve reduzir o percentual nos próximos dias para rebalancear a carteira, mas ela acredita que o Bitcoin deve continuar se valorizando. 

Para proteger a carteira, ela investe tanto em ouro como em dólar. “Na situação em que estamos, de um possível risco fiscal, é necessário dolarizar a carteira.” Seu objetivo atual é investir o equivalente a 35% da carteira no exterior. “Não invisto em BDRs. Prefiro comprar ações diretamente lá fora. Meu foco é a diversificação.” 

De modelo a consultora financeira

Mas nem sempre foi assim. Carol Dias afirma que começou investindo errado, focada apenas em um produto financeiro: previdência privada. “Ouvia o gerente do banco e fazia o que ele recomendava. Mas a culpa não é dele. Eu que deveria ter estudado.” 

Com o dinheiro rendendo pouco e pagando valores altos em taxa de administração, ela pediu ajuda ao irmão, que trabalha no mercado financeiro. Ele ficou surpreso com os investimentos da irmã e a orientação dada foi que ela buscasse estudar sobre o assunto. "Ele poderia ter montado uma carteira para mim, mas me orientou a estudar."

E foi o que ela fez. Focou em cursos e livros que pudessem orientar e ensinar da melhor maneira possível. "Passava seis horas por dia estudando. Estudo muito até hoje.” O interesse pelo assunto foi crescendo e ela resolveu mudar de carreira: de modelo a consultora financeira.  

A mudança de carreira causou estranhamento tanto em ex-colegas de televisão como nos fãs que a acompanham pelas redes sociais. As pessoas duvidam da sua capacidade e do conhecimento no assunto. “Elas achavam que eu estava maluca. Hoje, ex-colegas me pedem ajuda. Vi muita gente do meio artístico perder dinheiro.”

Com o passar do tempo, a consultora aumentou ainda mais seus seguidores nas redes sociais. No Instagram, ela tem cerca de 6 milhões de seguidores; no Youtube, no canal Riqueza em Dias, são mais de 100 mil inscritos. O conteúdo é 100% focado no mercado financeiro e em investimentos. Ela mostra suas aplicações em uma carteira pública e promove até lives em que explica as oscilações da bolsa frente a algum ruído político. 

Com amplo interesse do público pelo assunto, a consultora lançou seu primeiro livro: “Rumo À Riqueza”, pela Editora Gente. Segundo Carol Dias, o livro visa incentivar o brasileiro a investir.

Entre os assuntos abordados estão desde estratégia para poupar dinheiro até como entender a análise fundamentalista de empresas listadas. “As pessoas ainda têm muito medo da bolsa, mas é por falta de conhecimento."

Carol Dias - capa do livro

(Divulgação/Divulgação)

 


Leia também

Foto de Karla Mamona da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Karla Mamona

Repórter da Exame


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame