Agências registraram grandes filas no 1º dia de saque do FGTS | Exame Invest
Exame Invest
Minhas Finanças

Agências registraram grandes filas no 1º dia de saque do FGTS

PUBLICADO EM: 10.3.17 | 17H53
A procura foi grande tanto para utilizar os caixas eletrônicos, onde podem ser recebidos valores até R$ 3 mil, quanto para o atendimento pessoal
FGTS contas inativas

FGTS: em vários casos, os trabalhadores tinham dúvidas ou dificuldades para receber os valores

Imagem da Editoria Exame Invest
Agência Brasil



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

Próximo ao horário do fechamento das agências da Caixa Econômica Federal, ainda havia filas para sacar o dinheiro das contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).

A procura era grande tanto para utilizar os caixas eletrônicos, onde podem ser recebidos valores até R$ 3 mil, quanto para o atendimento pessoal.

Em vários casos, os trabalhadores tinham dúvidas ou dificuldades para receber os valores. O auxiliar Luiz Martarelli, de 25 anos, não entendia a divergência de saldos entre o informado no site da Caixa e no terminal de auto-atendimento.

"Pelo site tinha R$ 1,5 mil e, agora, só tem R$ 80. Achei estranho", disse o rapaz, que aproveitou o horário de almoço para tentar resolver o problema em uma das agências da Avenida Paulista, região central da capital. Ele estava preocupado com a demora no atendimento. "Tenho que voltar para trabalhar", enfatizou.

A cadastradora de produtos Vanessa Alves, de 31 anos, passou boa parte da tarde tentando liberar o dinheiro a que tem direito. "Eu peguei a senha, saí, andei, comi e voltei", disse a moça que esperava há duas horas para ser atendida.

"Eu ainda estou aqui porque parece que teve um problema, o dinheiro foi e voltou", disse, sem saber explicar exatamente o que tinha acontecido e sem ter certeza se conseguiria receber os valores.

"Só espero que eu não desanime quando chegar lá na frente", acrescentou, sobre a possibilidade de não conseguir fazer o saque.

Até às 11h de hoje, a Caixa havia realizado 700 mil pagamentos nas agências, referentes a 700 mil contas inativas de 300 mil trabalhadores nascidos em janeiro e fevereiro.

O montante retirado já alcançou R$ 300 milhões. O prazo para retirada vai até o dia 31 de julho e permitirá que 30,2 milhões de pessoas tenham acesso a R$ 43,6 bilhões.

Amanhã (11), sábado, 1.841 agências selecionadas em todo Brasil estarão abertas para atendimento exclusivo ao saque de contas inativas, das 9h às 15h.

Pode sacar a quantia parada em contas inativas quem teve contratos de trabalho encerrados até 31 de dezembro de 2015.

Os nascidos em março, abril ou maio receberão a partir de 10 de abril. Em 12 de maio começa a liberação dos recursos de quem nasceu em junho, julho e agosto.


Leia também

Imagem da Editoria Exame Invest
Agência Brasil


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame