Exame Invest
Minhas Finanças

As ações mais indicadas para janeiro, de acordo com 17 corretoras

PUBLICADO EM: 3.1.18 | 16H23
ATUALIZAÇÃO: 3.1.18 | 18H16
Ações da Petrobras receberam 13 indicações para o mês entre 17 carteiras e lideram o ranking. Veja o levantamento completo feito pelo site EXAME
Recomendação

Recomendação: Corretora Rico registrou a carteira de ações mais rentável de 2017

Imagem da Editoria Exame Invest
Marília Almeida

Repórter de Invest marilia.almeida@exame.com



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 12MIN

São Paulo - As ações preferenciais da Petrobras (PETR4) ficaram no topo das indicações de corretoras e bancos para janeiro. Elas foram sugeridas em 13 das 17 carteiras recomendadas de ações recebidas pelo site EXAME neste mês.

Na segunda colocação, ficaram as ações do Itaú Unibanco (ITUB4), com oito indicações. Já no terceiro lugar aparece a BRF (BRFS3), com sete recomendações.

No mês de dezembro, a carteira com melhor desempenho foi a da Terra, que registrou valorização de 9,76%, enquanto o Ibovespa —principal índice da Bolsa brasileira— subiu 6,2% no período. Na outra ponta, a carteira da XP Investimentos apresentou o pior desempenho no mês passado, uma alta de apenas 5,7%.

No acumulado de 2017, o portfólio da Rico teve o melhor desempenho dentre as 17 carteiras recebidas pelo site EXAME, com valorização de 54,92%. Do outro lado, a XP Investimentos registrou a pior performance no ano: 11,4%.

Veja abaixo o desempenho acumulado das carteiras de cada uma das corretoras no mês passado e em 2017.

InstituiçãoDesempenho em dezembro, em %Desempenho em 2017, em %
Rico7,2254,92
Terra9,7650,4
Genial (Geração Futuro)8,0845,13
Spinelli5,244,6
Ativa5,7443,81
Quantitas5,2141,17
Planner4,7437,78
Nova Futura6,3135,61
Walpires7,7134,35
Coinvalores9,333,5
Elite8,0733,48
Bradesco4,133,4
Guide5,0230,5
BB Investimentos4,1827,86
Magliano2,2621,8
Lerosa5,521,46
XP Investimentos5,711,4

Veja abaixo as ações mais recomendadas para o mês de janeiro, segundo 17 corretoras

AçãoRecomendações
Petrobras (PETR4)13
Itaú Unibanco (ITUB4)8
BRF (BRFS3)7
CCR (CCRO3)6
Gerdau (GGBR4)6
B3 (BVMF3)5
Banco do Brasil (BBAS3)5
BR Malls (BRML3)5
Braskem (BRKM5)5
Raia Drogasil (RADL3)4
Ambev (ABEV3)3
BB Seguridade (BBSE3)3
Equatorial (EQTL3)3
Fibria (FIBR3)3
Fleury (FLRY3)3
Klabin (KLBN11)3
Localiza (RENT3)3
MRV (MRVE3)3
Rumo (RAIL3)3
Ser Educacional (SEER3)3
Ultrapar (UGPA3)3
Usiminas (USIM5)3
Vale (VALE3)3
Via Varejo (VVAR11)3
Weg (WEGE3)3
Bradesco (BBDC4)2
Cielo (CIEL3)2
Cosan (CSAN3)2
CSN (CSNA3)2
CVC Brasil (CVCB3)2
Guararapes (GUAR3)2
Hypermarcas (HYPE3)2
IRB Brasil (IRBR3)2
Itaúsa (ITSA4)2
Lojas Americanas (LAME4)2
M. Dias Branco (MDIA3)2
Magazine Luiza (MGLU3)2
Multiplan (MULT3)2
Natura (NATU3)2
Pão de Açúcar (PCAR4)2
Renner (LREN3)2
Smiles (SMLE3)2
Banco ABC (ABCB4)1
AES Tietê (TIET11)1
Alliar (AALR3)1
Anima (ANIM3)1
Arezzo (ARZZ3)1
BR Properties (BRPR3)1
BTG Pactual (BPAC11)1
Carrefour (CRFB3)1
Copasa (CSMG3)1
Copel (CPLE6)1
CSU (CARD3)1
Direcional (DIRR3)1
Duratex (DTEX3)1
Engie Brasil (EGIE3)1
Eztec (EZTC3)1
Grendene (GRND3)1
Hering (HGTX3)1
Iguatemi (IGTA3)1
JSL (JSLG3)1
Kroton (KROT3)1
Linx (LINX3)1
Marcopolo (POMO4)1
Marisa (AMAR3)1
Metal Leve (LEVE3)1
Mills (MILS3)1
Minerva (BEEF3)1
Movida (MOVI3)1
Odontoprev (ODPV3)1
Randon (RAPT4)1
Sanepar (SAPR4)1
São Carlos (SCAR3)1
São Martinho (SMTO3)1
Suzano (SUZB3)1
Taesa (TAEE11)1
Tenda (TEND3)1
TIM (TIMP3)1
Totvs (TOTS3)1
Telefônica Brasil - Vivo (VIVT4)1
Vale (VALE5)1

As mais indicadas

Os analistas da corretora Spinelli acreditam que os papéis da Petrobras se beneficiam de uma gestão mais voltada a decisões pró-mercado, visando à maximização de valor para os acionistas; do real mais valorizado (a empresa tem alto endividamento em dólar); do alongamento de parte da dívida; e da execução de seu plano de desinvestimentos.

Já o investimento em ações do Itaú é atrativo porque o banco apresenta o melhor resultado entre seus concorrentes, com destaque para a redução do custo do crédito e inadimplência controlada, de acordo com os analistas da corretora Planner. Outras vantagens competitivas do banco são: fonte de receitas diversificada, funding com custo adequado e índice de Basileia de 19,5%, que dá amplo espaço para a alavancagem da instituição financeira.

Veja abaixo as carteiras recomendadas por 17 corretoras para o mês de janeiro. Elas estão organizadas por ordem alfabética.

Ativa

Desempenho em dezembro: 5,74%
Desempenho em 2017: 43,81%
Não houve alterações na carteira.

AçãoPreço-alvo, em R$Peso, em %
BR Malls (BRML3)Não disponível10
Equatorial (EQTL3)Não disponível15
Gerdau (GGBR4)Não disponível10
Itaú Unibanco (ITUB4)Não disponível15
Klabin (KLBN11)Não disponível10
Natura (NATU3)Não disponível5
Petrobras (PETR4)Não disponível5
Raia Drogasil (RADL3)Não disponível5
Ultrapar (UGPA3)Não disponível15
Via Varejo (VVAR11)Não disponível10

BB Investimentos

Desempenho em dezembro: 4,18%
Desempenho em 2017: 27,86%
Ações incluídas: Banco ABC, BRF, BR Malls, CSN, MRV e Pão de Açúcar.
Ações retiradas: GAEC Educação, BR Properties, IRB e Taesa.

AçãoPreço-alvo, em R$Peso, em %
Banco ABC (ABCB4)Não disponível10
BRF (BRFS3)Não disponível10
BR Malls (BRML3)Não disponível10
CSN (CSNA3)Não disponível10
Itaú Unibanco (ITUB4)Não disponível10
MRV (MRVE3)Não disponível10
Pão de Açúcar (PCAR4)Não disponível10
Raia Drogasil (RADL3)Não disponível10
Smiles (SMLE3)Não disponível10
Vale (VALE3)Não disponível10

Bradesco

Desempenho em dezembro: 4,1%
Desempenho em 2017: 33,4%
Ações incluídas: Iguatemi e Randon.
Ações retiradas: BR Malls e Iochpe Maxion.

AçãoPreço-alvo, em R$Peso, em %
B3 (BVMF3)2610
Banco do Brasil (BBAS3)4010
BRF (BRFS3)5510
Fibria (FIBR3)6310
Iguatemi (IGTA3)4410
Itaú Unibanco (ITUB4)4410
Petrobras (PETR4)2010
Randon (RAPT4)810
Ser Educacional (SEER3)4210
Usiminas (USIM5)1210

Coinvalores

Desempenho em dezembro: 9,3%
Desempenho em 2017: 33,5%
Ação incluída: Raia Drogasil.
Ação retirada: Lojas Americanas.

AçãoPreço-alvo, em R$Peso, em %
Bradesco (BBDC4)Não disponível5
Copel (CPLE6)Não disponível6
CCR (CCRO3)Não disponível6
Metal Leve (LEVE3)Não disponível6
Eztec (EZTC3)Não disponível6
Gerdau (GGBR4)Não disponível6
B3 (BVMF3)Não disponível6
Itaú Unibanco (ITUB4)Não disponível5
Magazine Luiza (MGLU3)Não disponível6
Fibria (FIBR3)Não disponível6
Petrobras (PETR4)Não disponível10
Raia Drogasil (RADL3)Não disponível6
São Carlos (SCAR3)Não disponível6
Ser Educacional (SEER3)Não disponível6
Smiles (SMLE3)Não disponível8
Vale (VALE5)Não disponível6

Elite

Desempenho em dezembro: 8,07%
Desempenho em 2017: 33,48%
Ação incluída: Equatorial.
Ação retirada: Telefônica Brasil - Vivo.

AçãoPreço-alvo, em R$Peso, em %
Ambev (ABEV3)Não disponível5
B3 (BVMF3)Não disponível5
Bradesco (BBDC4)Não disponível10
BRF (BRFS3)Não disponível5
Equatorial (EQTL3)Não disponível5
Fleury (FLRY3)Não disponível5
Hypermarcas (HYPE3)Não disponível5
IRB Brasil (IRBR3)Não disponível5
Itaú Unibanco (ITUB4)Não disponível15
Localiza (RENT3)Não disponível5
Magazine Luiza (MGLU3)Não disponível5
MRV (MRVE3)Não disponível5
Petrobras (PETR4)Não disponível10
Ultrapar (UGPA3)Não disponível5
Vale (VALE3)Não disponível10

Genial (Geração Futuro)

Desempenho em dezembro: 8,08%
Desempenho em 2017: 45,13%
Ações incluídas: Alliar, Anima, BR Properties, Duratex, Linx, Marcopolo, Petrobras, Tim e Viavarejo.
Ações retiradas: Alpargatas, Braskem, CCR, Lojas Renner, Magazine Luiza, Natura, RaiaDrogasil, Suzano e Weg.

AçãoPreço-alvo, em R$Peso, em %
Alliar (AALR3)Não disponível10
Anima (ANIM3)Não disponível10
BR Properties (BRPR3)Não disponível10
Duratex (DTEX3)Não disponível10
Linx (LINX3)Não disponível10
Marcopolo (POMO4)Não disponível10
Petrobras (PETR4)Não disponível10
Tim (TIMP3)Não disponível10
Totvs (TOTS3)Não disponível10
Viavarejo (VVAR11)Não disponível10

Guide

Desempenho em dezembro: 5,02%
Desempenho em 2017: 30,5%
Ações incluídas: Gerdau e Weg.
Ações retiradas: Smiles e Tim.

AçãoPreço-alvo, em R$Peso, em %
Braskem (BRKM5)Não disponível10
CVC Brasil (CVCB3)Não disponível10
Equatorial (EQTL3)Não disponível10
Gerdau (GGBR4)Não disponível10
Itaúsa (ITSA4)Não disponível10
Kroton (KROT3)Não disponível10
Petrobras (PETR4)Não disponível10
Rumo (RAIL3)Não disponível10
Tenda (TEND3)Não disponível10
Weg (WEGE3)Não disponível10

Lerosa

Desempenho em dezembro: 5,5%
Desempenho em 2017: 21,46%
Ações retiradas: Ambev, B3, Klabin, Sanepar, Ultrapar e Vale.
Ações incluídas: BRF, Cosan, Localiza, Minerva E Raia Drogasil.

AçãoPreço-alvo, em R$Peso, em %
Banco do Brasil (BBAS3)Não disponível10
BB Seguridade (BBSE3)Não disponível5
BR Malls (BRML3)Não disponível10
BRF (BRFS3)Não disponível10
CCR (CCRO3)Não disponível5
Cosan (CSAN3)Não disponível5
Hypermarcas (HYPE3)Não disponível10
Localiza (RENT3)Não disponível10
Minerva (BEEF3)Não disponível5
Petrobras (PETR4)Não disponível10
Raia Drogasil (RADL3)Não disponível5
Renner (LREN3)Não disponível10
São Martinho (SMTO3)Não disponível5

Magliano

Desempenho em dezembro: 2,26%
Desempenho em 2017: 21,8%
Ação incluída: Smiles.
Ação retirada: Raia Drogasil.

AçãoPreço justo, em R$Peso, em %
AES Tietê (TIET11)1810
Ambev (ABEV3)24,6910
BB Seguridade (BBSE3)33,8110
Carrefour (CRFB3)19,510
CCR (CCRO3)2110
Klabin (KLBN11)2210
Odontoprev (ODPV3)17,5910
Smiles (SMLS3)8810
Taesa (TAEE11)2610
Weg (WEGE3)27,0910

Nova Futura

Desempenho em dezembro: 6,31%
Desempenho em 2017: 35,61%
Ações retiradas: CCR, Engie, Porto Seguro, Ultrapar e Via Varejo.

AçãoPreço-alvo, em R$Peso, em %
Braskem (BRKM5)Não disponível10
Gerdau (GGBR4)Não disponível10
Itaú Unibanco (ITUB4)Não disponível10
Natura (NATU3)Não disponível10
Petrobras (PETR4)Não disponível20
Usiminas (USIM5)Não disponível10
Vale (VALE3)Não disponível20
Weg (WEGE3)Não disponível10

Planner

Desempenho em dezembro: 4,74%
Desempenho em 2017: 37,78%
Ação incluída: Braskem.
Ações retiradas: CCR.

AçãoPreço justo, em R$Peso, em %
Braskem (BRKM5)5610
Engie Brasil (EGIE3)4010
Fleury (FLRY3)33,510
Itaú Unibanco (ITUB4)5210
Klabin (KLBN11)1910
M. Dias Branco (MDIA3)5610
Multiplan (MULT3)7510
Ser Educacional (SEER3)4210
Telefônica Brasil ? Vivo (VIVT4)5210
Ultrapar (UGPA3)8410

Quantitas

Desempenho em dezembro: 5,21%
Desempenho em 2017: 41,17%
Não houve alterações na carteira.

AçãoPreço-alvo, em R$Peso, em %
Banco do Brasil (BBAS3)Não disponível12,5
Braskem (BRKM5)Não disponível7,5
CVC Brasil (CVCB3)Não disponível7,5
Grendene (GRND3)Não disponível12,5
Guararapes (GUAR3)Não disponível12,5
Hering (HGTX3)Não disponível5
Itaú Unibanco (ITUB4)Não disponível10
M. Dias Branco (MDIA3)Não disponível12,5
Movida (MOVI3)Não disponível5
Multiplan (MULT3)Não disponível7,5
Petrobras (PETR4)Não disponível7,5

Rico

Desempenho em dezembro: 7,22%
Desempenho em 2017: 54,92%
Ações incluídas: Ambev, BR Malls, BRF, Cielo, Copasa e Lojas Marisa.
Ações retiradas: Itaúsa, Lojas Americanas, Marcopolo, Multiplus, Petrobras, Ser Educacional, Transmissão Paulista e Valid.

AçãoPreço-alvo, em R$Peso, em %
Ambev (ABEV3)Não disponível10
BB Seguridade (BBSE3)Não disponível10
BR Malls (BRML3)Não disponível10
BRF (BRFS3)Não disponível10
CCR (CCRO3)Não disponível10
Cielo (CIEL3)Não disponível10
Copasa (CSMG3)Não disponível10
Lojas Marisa (AMAR3)Não disponível10

Spinelli

Desempenho em dezembro: 5,2%
Desempenho em 2017: 44,6%
Ação incluída: CSN.
Ação retirada: Magazine Luiza.

AçãoPreço-alvo, em R$Peso, em %
Braskem (BRKM5)Não disponível8
BRF (BRFS3)Não disponível4
BTG Pactual (BPAC11)Não disponível5
Cielo (CIEL3)Não disponível5
Cosan (CSAN3)Não disponível7
CSN (CSNA3)Não disponível5
Direcional (DIRR3)Não disponível5
Guararapes (GUAR3)Não disponível8
Itaúsa (ITSA4)Não disponível11
JSL (JSLG3)Não disponível5
Mills (MILS3)Não disponível5
Petrobras (PETR4)Não disponível15
Rumo (RAIL3)Não disponível7
Sanepar (SAPR4)Não disponível5
Via Varejo (VVAR11)Não disponível5

Terra Investimentos

Desempenho em dezembro: 9,76%
Desempenho em 2017: 50,4%
Ações retiradas: BB Seguridade e Cosan.
Ações incluídas: BRF e BR Malls.

AçãoPreço-alvo, em R$Peso, em %
Banco do Brasil (BBAS3)4015
BRF (BRFS3)5015
BR Malls (BRML3)15,410
CCR (CCRO3)1915
Gerdau (GGBR4)1515
Lojas Americanas (LAME4)2115
Petrobras (PETR4)2015

Walpires

Desempenho em dezembro: 7,71%
Desempenho em 2017: 34,35%
Ações incluídas: Localiza, MRV, Pão de Açúcar e Usiminas.
Ações retiradas: Embraer, Engie, Fibria e Guararapes.

AçãoPreço-alvo, em R$Peso, em %
Arezzo (ARZZ3)Não disponível10
B3 (BVMF3)Não disponível10
CSU (CARD3)Não disponível10
Localiza (RENT3)Não disponível10
MRV (MRVE3)Não disponível10
Pão de Açúcar (PCAR4)Não disponível10
Petrobras (PETR4)Não disponível10
Renner (LREN3)Não disponível10
Suzano (SUZB3)Não disponível10
Usiminas (USIM5)Não disponível10

XP Investimentos

Desempenho em dezembro: 5,7%
Desempenho em 2017: 11,4%
Ação incluída: CCR.
Ação retirada: Usiminas.

AçõesPreço-alvo, em R$Peso, em %
B3 (BVMF3)Não disponível8
Banco do Brasil (BBAS3)Não disponível8
CCR (CCRO3)Não disponível10
Fibria (FIBR3)Não disponível10
Fleury (FLRY3)Não disponível12
Gerdau (GGBR4)Não disponível10
IRB Brasil (IRBR3)Não disponível12
Lojas Americanas (LAME4)Não disponível10
Petrobras (PETR4)Não disponível10
Rumo (RAIL3)Não disponível10

 

Imagem da Editoria Exame Invest
Marília Almeida

Repórter de Invest marilia.almeida@exame.com


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame