Exame Invest
Minhas Finanças

Caixa lança fundo atrelado a ouro para grande investidor

PUBLICADO EM: 14.2.13 | 16H46
O produto tem como alvo clientes com carteiras superiores a R$ 300 mil
Agência da caixa Econômica Federal

Caixa Econômica Federal: aplicação mínima no Caixa FI Ouro Multimercado LP é de R$ 5 mil

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

Brasília - A Caixa Econômica Federal lançou nesta quinta-feira um produto para grandes investidores, público que até pouco tempo estava fora do foco da instituição. Está disponível o primeiro fundo de investimento atrelado ao ouro, metal que tem se destacado pela alta rentabilidade desde a crise de 2008.

A aplicação é só para clientes classificados como "investidores qualificados". Entre eles, pessoas físicas ou jurídicas que possuam carteiras superiores a R$ 300 mil, instituições financeiras, seguradoras e entidades de previdência complementar.

O Caixa FI Ouro Multimercado LP é um fundo de investimento da categoria Multimercado Estratégia Específica. O objetivo é buscar retornos relacionados à variação dos preços do ouro na Bolsa de Londres, acompanhando o índice Gold London PM Fixing, que obteve rentabilidade de 17,93% no acumulado de 2011 e 2012. A aplicação mínima é de R$ 5 mil. A taxa de administração é de 1,50% ao ano, sem cobrança de taxa de performance.

"É um fundo com liquidez, que admite aplicações e resgates diários, e que se apresenta como alternativa para os investidores que desejam direcionar parte de suas aplicações para uma modalidade que visa à preservação do patrimônio, principalmente em momentos mais adversos do mercado", afirmou o vice-presidente de Gestão de Ativos de Terceiros da Caixa, Marcos Vasconcelos.

Segundo a Caixa, o fundo é constituído sob a forma de condomínio aberto, com prazo indeterminado de duração e liquidez diária, ao contrário do que ocorre normalmente com fundos atrelados ao ouro, que são condomínios fechados, com data de encerramento preestabelecida, em geral, de dois a três anos.

"Desde 2008, o ouro é altamente procurado pelos investidores, que buscaram se proteger dos efeitos das crises americana e europeia, apresentando-se como a aplicação de melhor rentabilidade nos últimos três anos", disse a instituição em nota. "O investimento em fundo atrelado ao ouro, commodity metálica que funciona como reserva de valor, é um instrumento de aplicação adequado para proteger a carteira de investimentos, especialmente em momentos de turbulência."

Conforme a Caixa, especialistas em commodities apontam que a tendência do ouro segue em alta neste ano, por causa das incertezas nos cenários econômicos.

Matéria atualizada às 17h44 para esclarecer que a rentabilidade do ouro medida pelo índice Gold London PM Fixing foi de 17,93% no acumulado de 2011 e 2012, e não apenas no ano de 2012, conforme citado anteriormente.

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame