Minhas Finanças

Fintech oferece crédito até R$ 1.000 para MEIs com juros de 1%

PUBLICADO EM: 14.4.20 | 13H15
ATUALIZAÇÃO: 14.4.20 | 13H34
Campanha da Mutual incentiva as pessoas e fundos de investimentos a emprestarem dinheiro aos MEIs e informais com condições especiais
Dinheiro

Dinheiro: a expectativa é que sejam emprestados R$ 20 milhões

Foto de Karla Mamona da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Karla Mamona

Repórter da Exame



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

Em meio à pandemia de coronavírus, a fintech Mutual emprestará até 1.000 reais aos microempreendedores individuais e trabalhadores autônomos cobrando uma taxa de juros de 1% ao mês. O crédito disponível é P2P (crédito entre pessoas) e a Mutual faz a intermediação. 

A campanha, denominada de Invista no Pequeno, lançada nesta terça-feira, 13, visa incentivar as pessoas e fundos de investimentos a emprestarem dinheiro a esses trabalhadores informais com condições especiais. A expectativa é que sejam emprestados 20 milhões de reais. 

Os interessados em pedir um empréstimo devem se cadastrar no aplicativo da Mutual e solicitar o crédito. A primeira parcela do pagamento será em 90 dias. É importante preencher a documentação exigida, como número de MEI, para comprovação da atividade exercida. A aprovação ocorre em até cinco dias. 

Em entrevista a Exame, Victor Fernandes, um dos fundadores da Mutual, explicou que a comissão da plataforma foi zerada e desta maneira a fintech não terá lucro sobre serviço. “Abrimos em caráter excepcional. É um momento difícil para conseguir crédito no mercado. O crédito fica retraído e a inadimplência aumenta, o que dificulta, principalmente, para os pequenos.” 

Qualquer pessoa pode usar o aplicativo para emprestar dinheiro ao emprendedores inclusive um amigo, familiar ou conhecido. O pequeno investidor poderá escolher também um empreendedor de um determinado setor, como MEIs do setor de beleza, transporte, entre outros. Quem empresta dinheiro também terá um retorno de 1% após 90 dias.

Foto de Karla Mamona da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Karla Mamona

Repórter da Exame


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame