Exame Invest
Minhas Finanças

Como começar a investir em ações?

PUBLICADO EM: 14.12.14 | 6H36
ATUALIZAÇÃO: 21.7.21 | 17H20
Internauta pergunta quais são os primeiros passos para comprar papéis na bolsa
Homem diante de painéis da bolsa de valores

Homem diante de painéis da bolsa de valores: Internauta pergunta o que deve saber antes de desbravar o mercado acionário

Imagem da Editoria Exame Invest
Da Redação

Repórter da Exame



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

Dúvida do internauta: Quero investir em ações, mas não sei onde e de que forma posso comprar os papéis e quais são as taxas cobradas. Como saber quais são as melhores empresas para investir? 

Resposta de Fabiano Pessanha*

Para ser competitiva e crescer, uma empresa precisa ter recursos financeiros para realizar investimentos. Caso não tenha dinheiro suficiente para isso, pode buscar formas de se financiar.

O mais comum é o empréstimo bancário, quando um banco se torna credor de uma dívida da empresa em troca de pagamento de juros. Mas existem outras fontes de financiamento mais baratas, entre elas oferecer ações na bolsa de valores.

A empresa emite títulos e o investidor que compra os papéis passa a ser dono de uma fração da companhia, com direitos e deveres.

Os custos para emitir ações são altos no mercado brasileiro. Por isso, grande parte das empresas que têm ações na bolsa são de grande porte e, portanto, mais conhecidas.

No entanto, o fato de conhecer uma empresa ou seus produtos mais vendidos não significa que a companhia seja boa para investir. Este é um erro comum que deve ser evitado pelo investidor iniciante.

A corretora de valores ajuda investidores a decidir em qual empresa investir. A instituição financeira faz a ponte entre você e a bolsa de valores na hora da compra de ações. Também oferece orientação financeira, com base em seu perfil e objetivos.

A orientação financeira é importante para evitar surpresas desagradáveis, principalmente se você não estiver preparado para acompanhar o sobe e desce de preços, comuns no mercado de ações.

É por meio desses conselhos que você irá escolher uma entre as duas modalidades para compra de ações.

Os papéis podem ser adquiridos por meio de aplicações em fundos de investimento, uma espécie de condomínio com diversos investidores, gerenciado por um profissional especializado, ou individualmente. No segundo caso, é você que controla a compra e venda dos papéis.

O mercado de ações é tão perigoso assim?

[videos-abril id="ace258359c5eb2a48be59d3f5b5623bf" showtitle="false"]

*Fabiano Pessanha, CFP é gerente comercial corporativo da Geração Futuro Corretora de Valores e possui a certificação CFP® (Certified Financial Planner) concedida pelo Instituto Brasileiro de Certificação de Profissionais Financeiros (IBCPF). Também é responsável pela criação de programas de benefícios e educação financeira em diversas empresas brasileiras

Dúvidas, observações ou críticas sobre esta resposta de especialista? Deixe seu comentário abaixo!

Envie outras perguntas sobre aposentadoria para seudinheiro_exame@abril.com.br.

Imagem da Editoria Exame Invest
Da Redação

Repórter da Exame


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame