Exame Invest
Minhas Finanças

Juros dos empréstimos voltam a subir com a alta da Selic

PUBLICADO EM: 15.7.13 | 10H39
Pesquisa mensal de juros da Anefac mostra que taxa média de juros para a pessoa física está no maior patamar desde novembro de 2012
EXAME.com

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 5MIN

São Paulo – As taxas de juros para os empréstimos e financiamentos pessoais voltaram a subir com a alta da taxa básica de juros, a Selic, e devem se elevar ainda mais nos próximos meses, diz a Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade (Anefac).

Os últimos aumentos da taxa Selic, diz a entidade, foram finalmente repassados para os empréstimos e financiamentos em junho. A média foi uma elevação de 0,02 ponto percentual no mês (0,43 ponto percentual no ano), passando de 5,43% (88,61% ao ano) em maio para 5,45% (89,04% ao ano) em junho. Esta é a maior taxa de juros média desde novembro de 2012.

Houve elevação modesta nas taxas de juros do cheque especial e do empréstimo pessoal em bancos e financeiras. Os juros do comércio, o rotativo do cartão de crédito e o financiamento de veículos mantiveram taxas estáveis.

De acordo com Miguel José Ribeiro de Oliveira, em nota divulgada pela Anefac, os atuais indicadores de inflação mostrando pressões inflacionárias, bem como o fato de o índice de inflação oficial ter ultrapassado o teto da meta do Banco Central neste mês devem motivar nova elevação da Selic na próxima reunião do Copom.

Confira as taxas de juros cobradas da pessoa física:

Linha de crédito Maio/13 - TAXA MÊS Maio/13 - TAXA ANO Junho/13 - TAXA MÊS Junho/13 - TAXA ANO Variação % Variação pontos percentuais
Juros comércio 4,08% 61,59% 4,08% 61,59% 0% 0
Cartão de crédito 9,37% 192,94% 9,37% 192,94% 0% 0
Cheque especial 7,68% 143,01% 7,73% 144,37% 0,65% 0,05
CDC ? bancos- financiamento de automóveis 1,53% 19,99% 1,53% 19,99% 0% 0
Empréstimo pessoal-bancos 2,97% 42,08% 3,04% 43,24% 2,36% 0,07
Empréstimo pessoal-financeiras 6,92% 123,21% 6,96% 124,21% 0,58% 0,04
TAXA MÉDIA 5,43% 88,61% 5,45% 89,04% 0,37% 0,02

Fonte: Anefac

No item crediário de lojas, dos doze tipos de lojas pesquisadas, duas mantiveram suas taxas de juros inalteradas, cinco as reduziram e cinco as elevaram.


Comparação com a Selic

De julho de 2011 a junho de 2013, a taxa Selic caiu 4,50 pontos percentuais, ou 36,00%, de 12,50% para 8,00%. No mesmo período, a taxa de juros média para empréstimos e financiamentos para a pessoa física apresentou uma redução de 32,17 pontos percentuais, ou 26,54%, de 121,21% para 89,04%.

Veja na tabela as quedas nas taxas de juros das diferentes linhas de crédito nesse período:

TIPO DE FINANCIAMENTO Julho/11 - Taxa Mês Julho/11 - Taxa Ano Junho/13 - Taxa Mês Junho/13 - Taxa Ano Queda em pontos percentuais
Comércio 5,70% 94,49% 4,08% 61,59% -32,90
Cartão de Crédito 10,69% 238,30% 9,37% 192,94% -45,36
Cheque Especial 8,27% 159,48% 7,73% 144,37% -15,11
CDC Bancos 2,37% 32,46% 1,53% 19,99% -12,47
Emp. Pessoal-Bancos 4,67% 72,93% 3,04% 43,24% -29,69
Emp.Pessoal Financeiras 9,34% 191,98% 6,96% 124,21% -67,77
TAXA MÉDIA 6,84% 121,21% 5,45% 89,04% -32,17

Fonte: Anefac

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame