Minhas Finanças

O negócio da minha esposa não deu lucro. Ela pode ser minha dependente?

PUBLICADO EM: 12.4.19 | 12H00
Especialista responde dúvida de leitor sobre a declaração do Imposto de Renda 2019. Envie você também suas perguntas
Imposto de Renda 2019

Imagem da Editoria Exame Invest
Júlia Lewgoy



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 1MIN

Pergunta do leitor: Minha esposa é sócia de um salão de beleza com a tia. Apesar de o negócio gerar renda para a tia, minha esposa não recebeu nenhum valor como remuneração em 2018. Posso incluí-la como minha dependente no Imposto de Renda? Se sim, como fazer isso?  

Resposta de Valdir Amorim*:

Sim. Você pode fazer a declaração em conjunto com sua esposa e informá-la como sua dependente, apesar de ela não ter rendimentos na sociedade, ou seja, lucros ou pró-labore.

Na ficha “Dependentes”, identifique com código 11 o tipo de dependente, cônjuge, e informe o nome, a data de nascimento e o número do CPF dela.

Na ficha "Bens e Direitos", informe o valor da participação que ela tem na sociedade. Insira o número do CNPJ e o valor das quotas sociais.

*Valdir de Oliveira Amorim é coordenador editorial-tributário IOB, da Sage Brasil, professor universitário, mestre em Ciências Sociais e Contabilidade, pós-graduado em Direito Tributário, coordenador de cursos de pós-graduação, palestrante, conferencista, mediador em seminários e congressos, doutorando em Contabilidade; especialista há mais de 20 anos em Imposto de Renda, PIS/COFINS, IOF, ITR, CIDE e legislação societária, comercial e tributária.


O site EXAME vai responder diariamente, entre 7 de março e 30 de abril, as dúvidas de leitores sobre a Declaração do Imposto de Renda 2019. Envie suas perguntas para seudinheiro_exame@abril.com.br.

Imagem da Editoria Exame Invest
Júlia Lewgoy


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame