OLX entra na briga por oferta de crédito com taxa a partir de 1,99% | Exame Invest
Exame Invest
Minhas Finanças

OLX entra na briga por oferta de crédito com taxa a partir de 1,99%

PUBLICADO EM: 23.10.20 | 14H18
ATUALIZAÇÃO: 23.10.20 | 20H49
OLX Brasil firmou parceria com a EasyCrédito e passa a oferecer crédito diretamente em sua plataforma

OLX: consumidor terá acesso a mais de 30 linhas de crédito (Leandro Fonseca)

Foto de Karla Mamona da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Karla Mamona

Repórter da Exame



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 3MIN

A OLX Brasil, plataforma de venda de itens novos e usados, firmou uma parceria com a fintech EasyCrédito e passou a oferecer empréstimo pessoal para os clientes do site. São mais de 30 linhas disponíveis e com taxas de juro a partir de 1,99% ao mês. O valor do empréstimo é a partir de 500 a 35.000 reais e o prazo de pagamento varia entre três e 24 meses. Quer saber qual o setor mais quente da bolsa no meio deste vaivém? Assine a EXAME Research.

A ideia é que o consumidor tenha acesso ao crédito enquanto navega pela plataforma. Inicialmente, a possibilidade de contratar empréstimo está disponível apenas na categoria do site ‘para sua casa’, mas deve ser ampliado para os demais canais. O segmento de venda de móveis, eletrodomésticos, material de construção e jardim, entre outros foi um dos que mais cresceram desde o início da pandemia. De março até setembro, a alta foi de 42%.  

Para contratar este tipo de produto, o consumidor pode acessar o link emprestimos.olx.com.br ou diretamente na página de qualquer produto, o cliente poderá fazer uma simulação e descobrir se tem um crédito pré-aprovado. Em minutos, ele visualiza, na própria plataforma da OLX, as propostas geradas pelas instituições financeiras conectadas na API da EasyCrédito. Em seguida, ele escolhe a proposta que melhor se adequa à sua realidade financeira e faz a contratação do crédito.


Recomendado para você

Em entrevista à EXAME, Joel Rennó Jr., sócio e diretor financeiro da OLX Brasil, explicou que a iniciativa aproxima ainda mais a plataforma de serviços financeiros. A OLX já firmou parcerias com grandes bancos, como Itaú e Bradesco e Santander, para financiamento de imóveis e carros e no início do segundo semestre deste ano, lançou uma carteira digital, a OLX Pay, de pagamento de produtos e serviços. 

“Temos uma população desbancarizada e nossa base de clientes, como é nacional, reflete isso. Também queremos ser um marketplace de serviços financeiros. Nós sabemos das necessidades dos clientes e queremos ser o mais conveniente possível. Quanto mais conveniente, mas tempo o cliente fica”, explicou.  

A conveniência passa pela busca de crédito no mercado. O consumidor tem demandado por este tipo de produto, incentivado pela pandemia de coronavírus e pelos juros atrativos, com a taxa Selic na mínima histórica. Na própria EasyCrédito, mais de 5 milhões de propostas de empréstimo pessoal foram solicitadas desde março. 

“Quando o cliente vai direto ao banco ele tem uma resposta binária para aprovação do crédito. Na nossa plataforma não. Com a análise do perfil, ele recebe mais de uma proposta e pode escolher a mais atrativa”, acrescenta Marcos Túlio Ramos, presidente da EasyCrédito.

O executivo acredita que o mercado brasileiro caminha para uma oferta ainda maior de crédito. A fintech deve fazer novas parcerias ainda na área de varejo, educação e saúde. “´Nos Estados Unidos, é muito comum ter um crédito disponível na hora da compra. Nós estamos neste caminho.” 

 

 

No mês passado, o Mercado Livre, concorrente da OLX, anunciou um aporte de 400 milhões de reais com o Goldman Sachs para ampliar e facilitar a oferta de crédito para pequenos empreendedores. Em junho deste ano, anunciou medidas de concessão de crédito por meio da plataforma do Mercado Pago, com taxas a partir de 2,99% ao mês em boleto parcelado e capital de giro.  


Leia também

Foto de Karla Mamona da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Karla Mamona

Repórter da Exame


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame