Exame Invest
Minhas Finanças

Os melhores (ou menos piores) fundos de ações de 2013

PUBLICADO EM: 21.1.14 | 8H21
Poucos foram os fundos de ações que tiveram desempenho positivo em 2013; fundos que investem exclusivamente em ações da Cielo se destacaram
Sede da Cielo

Sede da empresa de meios de pagamento Cielo: fundos que investiram apenas nas suas ações tiveram ótimo desempenho

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 8MIN

São Paulo – A Bolsa foi mal em 2013, e também foram mal os fundos de ações. A imensa maioria deles teve desempenho negativo, e mesmo entre os melhores fundos de ações, uma parcela perdeu dinheiro no ano passado.

Entre os dez fundos mais acessíveis ao investidor pessoa física – supondo-se uma aplicação inicial de mil reais – apenas quatro tiveram desempenho positivo.

Já entre os dez fundos para quem tem 10 mil reais para investir, apenas um teve desempenho negativo. Cinco fundos estão presentes em ambas as listas.

Os dois melhores fundos do ano foram dois fundos que investem exclusivamente em ações da Cielo (CIEL3), uma das que mais valorizaram em 2013, com alta de 43,53%, segundo dados da Economatica.

Por sinal, entre os melhores fundos – os que ganharam mais ou perderam menos – estão diversos fundos setoriais de ações, que investem em apenas um setor ou uma ação.

Veja nas tabelas a seguir os fundos de ações mais rentáveis de 2013 para quem tem mil ou 10 mil reais para investir e que são voltados para investidores pessoas físicas em geral. As rentabilidades já estão líquidas de taxas de administração e de performance.

As taxas de administração mostradas na tabela são as taxas mínimas. Elas podem ser mais altas que esses percentuais, e as taxas máximas são divulgadas nos prospectos dos fundos. As taxas de performance, quando existentes, incidem sobre a rentabilidade que excede o índice de referência, que pode ser o Ibovespa, o IBrX ou o índice setorial, dependendo do tipo de fundo:

Para quem tem mil reais para investir:

Fundo Rentabilidade Aplicação mínima Taxa de adm. anualTaxa de performance Classificação Anbima Patrimônio Líquido (R$)
BB Ações Cielo FI 38,64% 200 reais 1,50% Não há Ações setoriais 221.758.810
Bradesco FI em Ações Cielo 38,21% 300 reais 1,50% Não há Ações setoriais 105.639.310
Geração Futuro FI em Ações Programado Ibovespa Ativo 5,43% 100 reais 4,00% Não há Ibovespa Ativo 439.231.990
Banrisul Ações FI em Ações 4,89% 100 reais 5,00% Não há IBrX Ativo 32.046.760
BB Ações Exportação FICFI -0,20% 200 reais 3,00% Não há Ações setoriais 43.441.130
BB Ações Siderurgia FICFI -0,40% 200 reais 1,00%* Não há Ações setoriais 77.506.980
BB Ações BB FI -0,76% 200 reais 1,50% Não há Ações setoriais 228.098.490
BBM II FI em Ações -1,39% 1.000 reais 5,99%* 25% IBrX Ativo 17.510.980
Itaú Ações Itaú Unibanco FI -2,18% 1.000 reais 3,00% Não há Ações setoriais 55.711.310
Fundamenta FI em Ações -3,06% 1.000 reais 2,00%* 20% Ações Livre 43.853.590

(*) Taxa de administração mínima.
Legenda:
FI – Fundo de investimento
FICFI – Fundo de investimento em cotas de fundos de investimento
Fonte: comdinheiro e prospectos dos fundos.


Para quem tem 10 mil reais para investir:

Fundo Rentabilidade Aplicação mínima Taxa de adm. anual Taxa de performance Classificação Anbima Patrimônio Líquido (R$)
BB Ações Cielo FI 38,64% 200 reais 1,50% Não há Ações setoriais 221.758.810
Bradesco FI em Ações Cielo 38,21% 300 reais 1,50% Não há Ações setoriais 105.639.310
Geração Futuro Seleção FI em Ações 7,01% 10 mil reais 2,00% 20% Ações Livre 44.514.730
Geração Futuro FI em Ações Programado Ibovespa Ativo 5,43% 100 reais 4,00% Não há Ibovespa Ativo 439.231.990
Banrisul Ações FI em Ações 4,89% 100 reais 5,00% Não há IBrX Ativo 32.046.760
Quest Top Long Biased FICFI de Ações 3,50% 10 mil reais 2,00%* 20% Ações Livre 62.171.280
Quest Small Caps FICFI de Ações** 2,53% 10 mil reais 1,92%* 20% Ações Small Caps 303.714.700
XP Dividendos FI de Ações 0,86% 5 mil reais 3,00%* Não há Ações Dividendos 30.686.210
Access Empresa FICFI de Ações 0,27% 5 mil reais 0,25%* Não há IBrX Ativo 14.772.430
BB Ações Exportação FICFI -0,20% 200 reais 3,00% Não há Ações setoriais 43.441.130

(*) Taxa de administração mínima.
(**) Fechado para novas aplicações.
Legenda:
FI – Fundo de investimento
FICFI – Fundo de investimento em cotas de fundos de investimento
Fonte: comdinheiro e prospectos dos fundos.

De forma geral, os fundos de ações foram muito mal em 2013. Os dois principais índices que lhes servem de referência – o Ibovespa e o IBrX – amargaram quedas de 17,41% e 4,44%, respectivamente.

Assim, não houve qualquer fundo atrelado a esses índices entre os melhores – o máximo que aconteceu foi um desempenho razoável ou não tão ruim por parte dos fundos chamados de “ativos”.

Os fundos ativos de IBrX e Ibovespa investem em ações desses índices, tendo por objetivo superá-los, porém sem a necessidade de replicar exatamente os pesos das carteiras dos indicadores.

Assim, os gestores são livres para “pesar a mão” nas ações que acreditam ter mais potencial, excluindo aquelas que não devem ir bem.

É notória a presença de fundos setoriais entre os melhores, o que mostra que, realmente, a estratégia que deu certo na Bolsa no ano passado foi a concentração em algumas poucas ações ou setores vencedores.

Fundos de ações do setor financeiro (Cielo, BB e Itaú Unibanco), de siderurgia e de empresas exportadoras se destacaram.

O problema é que a alta concentração dos fundos setoriais faz com que eles se tornem muito arriscados, rompendo com a vantagem da diversificação que os fundos de investimento oferecem. No fim das contas, investir por conta própria diretamente nessas ações pode até sair mais barato.

Dentre os fundos com desempenho positivo também se destacaram os fundos que podem investir em qualquer ação, a critério do gestor (Ações Livre), além de um fundo de dividendos e um fundo de small caps (empresas de baixo valor de mercado).

Todos os fundos de renda fixarenda fixa das tabelas fazem parte do Comparador de Fundos EXAME.com (oferecido pela comdinheiro), têm 100 ou mais cotistas, no mínimo 10 milhões de reais de patrimônio, não são fundos exclusivos, nem limitados a investidores qualificados (com no mínimo 300 mil reais em aplicações financeiras).

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame