Exame Invest
Minhas Finanças

Procon-SP notifica universidades sobre descontos na pandemia

PUBLICADO EM: 25.6.20 | 13H13
ATUALIZAÇÃO: 25.6.20 | 15H32
Empresas deverão explicar prestação de serviço durante a pandemia
Uninove

Empresas devem dizer se concederam descontos e , em caso positivo, detalhar as políticas implementadas

Imagem da Editoria Exame Invest
Marília Almeida

Repórter de Invest marilia.almeida@exame.com



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 1MIN

O Procon-SP notificou as universidades Anhanguera Educacional Ltda., Grupo Laureate ISCP Sociedade Educacional S/A (Anhembi Morumbi), Faculdades Metropolitanas Unidas Educacionais Ltda. (FMU), Associação Unificada Paulista De Ensino Renovado Objetivo/Assupero (UNIP) e Associação Educacional Nove de Julho - Uninove, para que esclareçam sobre quais as políticas adotadas para manutenção dos serviços contratados.

Com a decretação do estado de calamidade pública, em face da pandemia de Covid-19 e a necessidade de adoção de medidas para o isolamento social, as empresas também deverão explicar ao Procon se houve adoção de medidas específicas de concessão de descontos e, em caso positivo, detalhar as políticas implementadas.

As instituições de ensino também precisam dizer como é efetuado o atendimento dos consumidores no que diz respeito a análise e resposta aos pedidos de concessão de desconto assim como as solicitações de documentos como declarações, histórico escolar e outras requisições em geral e quais os canais disponibilizados. Também pedem que expliquem se houve demissão de professores e, em caso positivo, apresentem detalhamento de medidas e estratégias adotadas para entrega de todo conteúdo programático contratado aos alunos.

As empresas têm 72 horas, a contar desta quinta-feira (25), para responder ao Procon-SP.

Imagem da Editoria Exame Invest
Marília Almeida

Repórter de Invest marilia.almeida@exame.com


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame