Exame Invest
Minhas Finanças

Quanto cobram os bancos para antecipar a restituição de IR

PUBLICADO EM: 3.4.12 | 18H09
Taxas de juros se aproximam da média cobrada para o crédito pessoal ou podem até ser mais altas, diz Idec
Banco Santander

Santander afirma que juros para antecipar restituição não ultrapassam a média das taxas do crédito pessoal

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 3MIN

São Paulo – O Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec) realizou uma pesquisa junto aos principais bancos do Brasil para levantar as taxas de juros cobradas para efetuar a antecipação de restituição de IR. Segundo foi informado nas agências bancárias ouvidas pelo Idec, as taxas ficam entre 2,42% e 4,9% ao mês, em alguns casos se aproximando da média das taxas do crédito pessoal cobradas pelos mesmos bancos.

A antecipação de restituição de IR é uma das modalidades mais baratas de empréstimo, por ter como garantia a própria restituição do devedor. Em relação ao cheque especial, por exemplo, a taxa de juros se revela muito em conta. Porém, especialistas em finanças pessoais recomendam esse tipo de crédito apenas para quem quer substituir uma dívida mais cara por uma mais barata.

O Idec comparou as taxas de juros da modalidade com as médias das taxas de juros do crédito pessoal e do cheque especial de cada banco, informadas pelo Banco Central. Em todos os casos a taxa da antecipação de restituição de IR ficou abaixo da média da taxa cobrada no crédito pessoal, com exceção do Santander.

De acordo com o Idec, a taxa de 4,9% - maior do que a de 3,8%, média do crédito pessoal – foi informada como sendo o valor máximo de juros cobrados pela antecipação de restituição, mas que a cobrança seria variável de acordo com o relacionamento do cliente com o banco.

Contudo, de acordo com Luciano Benício, superintendente de empréstimos parcelados do Santander, a taxa de juros da antecipação de restituição de IR varia de 2,99% a 3,59%. “Essa taxa de 4,9% nada tem a ver com essa linha de crédito. Essa era a taxa máxima da antecipação de 13º salário praticada no ano passado, que hoje baixou para 4,69%”, diz Benício, que acredita que houve confusão da parte da pessoa que informou o dado à pesquisa. A taxa de 2,99% foi o percentual informado oficialmente pelo banco à reportagem recente de EXAME.com sobre essa linha de crédito.

Veja abaixo a tabela completa de acordo com a pesquisa do Idec:

table.tableizer-table {border: 1px solid #CCC; font-family: Arial, Helvetica, sans-serif; font-size: 12px;} .tableizer-table td {padding: 4px; margin: 3px; border: 1px solid #ccc;}
.tableizer-table th {background-color: #104E8B; color: #FFF; font-weight: bold;}

Banco Antecipação da restituição de IR (a partir de)* Crédito pessoal** Cheque especial**
Banco do Brasil 2,63% 2,78% 8,75%
Itaú 3,45% 4,22% 8,79%
Caixa 2,42% 2,73% 7,97%
HSBC 2,99% 4,64% 10,15%
Bradesco 3,35% 5,11% 8,82%
Santander*** 4,9% 3,8% 10,31%

(*) Informação obtida nos sites dos bancos ou nas agências.
(**) Informação obtida no site do Banco Central - período 28/02/12 a 05/03/12 - publicado em 16/03/12. Médias das taxas informadas pelos bancos ao BC.
(***) A agência consultada não indicou valor mínimo, apenas o máximo, informando que, nesse caso, seria a mesma taxa do crédito pessoal.
Fonte: Idec

Imagem da Editoria Exame Invest
Exame Solutions

Apresentado por


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame