Exame Invest
Minhas Finanças

Safra lança pagamentos com celular e carteira digital

PUBLICADO EM: 28.6.19 | 17H54
O sistema já foi adotado por outros bancos brasileiros, como o Itaú Unibanco, Banco do Brasil e empresas como Cielo e Pagseguro
Sede do Banco Safra em São Paulo

Imagem da Editoria Exame Invest
Anderson Figo



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

Mais um grande banco brasileiro está entrando na era dos pagamentos sem cartão. O Banco Safra acaba de lançar uma carteira digital que permite realizar compras em estabelecimentos por meio de QR Code, NFC (Near Field Communication, que conecta cartões, relógios e pulseiras) e, em breve, por reconhecimento facial, além de transferências e saques via QR Code. O aplicativo da SafraWallet já estará disponível para download a partir de hoje na App Store e no Google Play.

O sistema já foi adotado por outros bancos brasileiros, como o Itaú Unibanco, Banco do Brasil e empresas como Cielo e Pagseguro, e é muito comum na China, onde a maioria dos pagamentos é feita por QR Code, pelo celular. Praticamente não há mais cartões de crédito ou de débito. O Bradesco tem o sistema NFC.

É também uma forma de permitir o acesso de uma parte da população a serviços bancários de uma forma mais barata, já que muitos brasileiros têm celular, mas não tem conta corrente.

Para usar o serviço não é necessário ser cliente do Banco Safra e o processo de cadastramento é gratuito, simples e rápido, sem a obrigatoriedade de comprovação de renda. Em modelo diferente dos meios tradicionais, transferências, saques e pagamentos pela SafraWallet serão isentos de cobrança.

O consumidor pode carregar a SafraWallet de três maneiras: transferência de recursos de outra conta, portabilidade de salário e cadastro de cartões de crédito de qualquer banco. No momento da compra, o cliente pode usar o saldo da sua carteira ou algum dos seus cartões de crédito cadastrados, sem precisar do plástico.

No lançamento, o Banco Safra está oferecendo bonificações especiais para os clientes – por exemplo, quem cadastrar cartões na carteira digital receberá bônus por cartão vinculado e quem fizer a portabilidade do salário vai receber bônus de um valor pré-determinado por três meses, entre outras premiações.

Segundo o banco, a SafraWallet chegará ao mercado com uma série de funcionalidades e vantagens para quem compra e também para quem vende. “O lançamento da SafraWallet é um marco na história do banco, é um novo jeito de pagar e de receber, voltado para todos os brasileiros que querem ter um meio de pagamento móvel, simples e descomplicado”, afirma o banco em nota.

A solução também está integrada à SafraPay, empresa de adquirência de cartões de crédito e débito do banco. O Safra está investindo pesado nesse mercado de maquininhas e promete no segundo semestre incorporar um “SuperApp” à SafraWallet no qual diversos produtos e serviços serão oferecidos por meio de uma plataforma aberta.

O banco vai permitir também que, se o cliente precisar de dinheiro em espécie, poderá fazer saques em mais de 20 mil caixas eletrônicos e nos ATMs próprios do banco utilizando QR Code. Além disso, com a SafraWallet, usando apenas o celular, poderá comprar em milhares de estabelecimentos e receber vantagens; pagar e emitir boletos; e transferir e receber dinheiro de seus contatos.

Esta reportagem foi publicada originalmente na Arena do Pavini.

Imagem da Editoria Exame Invest
Anderson Figo


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame