Exame Invest
Onde Investir

A nova aposta (inusitada) do family office por trás da Chanel

PUBLICADO EM: 30.4.21 | 10H34
Mousse Partners, que administra uma fortuna estimada em US$ 90 bilhões de Alain e Gerard Wertheimer, faz dois novos investimentos, em rara informação que vem a público
Loja da Chanel em Londres

(Getty Images)

Imagem da Editoria Exame Invest
Bloomberg



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

O Mousse Partners, family office de uma das maiores fortunas do mundo, fez mudanças em uma de suas maiores apostas.

A empresa de investimento da família por trás da marca de luxo Chanel vendeu a maior parte de sua participação na Ulta Beauty, um investimento mantido por pelo menos 14 anos que registrou retornou acima de 1.700%.

Desde o final de março, a empresa que administra o patrimônio de Alain e Gerard Wertheimer vendeu ações da varejista de cosméticos no valor de cerca de 480 milhões de dólares, segundo dados compilados pela Bloomberg.

Neste mês, o family office de Nova York aumentou sua participação na rival Beautycounter e participou de uma rodada de financiamento para a rede de restaurantes fast casual Cava. É a maior rede de cozinha mediterrânea dos Estados Unidos, fundada em 2006 por empreendedores americanos com ascendência grega, que tem como o apelo saudável como um de seus pontos fortes.

O Mousse Partners é um dos maiores e mais discretos family offices do mundo. É comandado há mais de duas décadas por Charles Heilbronn, meio-irmão de Alain e Gerard, que, segundo relatos, controlam partes iguais do império de luxo construído com a ajuda do perfume nº 5, do pretinho básico e do gênio do design Karl Lagerfeld.

Fortuna de US$ 90 bilhões

Documentos públicos são um raro vislumbre de uma empresa de investimento que administra parte de uma fortuna de quase 90 bilhões de dólares. O Mousse investe em private equity, imóveis e crédito, muitas vezes na forma de capital de risco (venture capital).

Desde o início de 2020, tem investido na plataforma de comunicação MessageBird, na empresa de catering Butler Hospitality e na companhia de fitness Tonal. Também comprou uma participação na Nature’s Fynd, uma startup de alimentos que produz uma proteína desenvolvida a partir de um micróbio vulcânico encontrado no Parque Nacional de Yellowstone.

O último investimento na Beautycounter foi feito quando o Carlyle Group assumiu uma participação majoritária na marca de cosméticos e cuidados com a pele. A aposta avaliou a empresa, que vende principalmente pela internet, em 1 bilhão de dólares.

Imagem da Editoria Exame Invest
Bloomberg


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame