Exame Invest
Onde Investir

Tem ações da Petrobras? EXAME Invest Pro recomenda vender os papéis

PUBLICADO EM: 22.2.21 | 9H39
ATUALIZAÇÃO: 22.2.21 | 19H02
Equipe de analistas da EXAME Invest Pro afirma que a substituição do diretor presidente da última semana quebra a confiança dos investidores
PLATAFORMA P-52 NA BACIA DE CAMPOSFOTO: GERMANO LUDERS27/05/2010

Mercado financeiro: o preço estimado da ação pelos analistas é de 27 reais

Foto de Karla Mamona da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Karla Mamona

Repórter da Exame



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

Após a interferência do governo na Petrobras, a equipe de analistas da EXAME Invest Pro recomendou a venda das ações da companhia. A recomendação divulgada em relatório nesta segunda-feira, 22, é da venda completa dos papéis preferenciais da estatal. A carteira Exame Pro Invest tinha 7% alocado em PETR4

Bruno Lima, analista da casa, explicou que a tese em investimento em Petrobras oferecia três pilares em criação de valor: crescimento da produção sustentava por ativos do pré-sal de alta qualidade, desalavancagem sustentada pela alocação racional de capital, que envolveu a venda de ativos e uma política de dividendos coerente, além da redução do risco político com base na independência para buscar a paridade de preços internacionais e vender 50% da capacidade de refino.

“Estes últimos liberariam a empresa do fardo político de longa data de controlar os preços dos combustíveis. Com os acontecimentos dos últimos dias culminando na decisão do acionista controlador de solicitar a substituição do diretor presidente, não temos mais a confiança que estes pilares permanecerão.”

O analista afirma ainda que no último valuation realizado a EXAME Invest Pro acredita que era possível negociar com um múltiplo alvo a 5,5 EV/EBITDA, ou seja  o valor econômico da empresa (EV) equivale a cerca de cinco anos e meio de geração de caixa medida pelo Ebitda.

Agora, os analistas apontam que o mercado não irá pagar o múltiplo acima do corrente (4,5x EV/EBITDA). Neste caso, o preço estimado da ação é de 27 reais. Na análise anterior, era de 36,9 reais. 

Ações do BB

A decisão do governo também pesou na decisão de papéis na carteira de outra estatal, do Banco do Brasil. A equipe de analistas também recomenda a venda dos papéis da BB. “Nossa justificativa segue a mesma linha que a Petrobras. Perda de confiança na decisão das melhores práticas para gerar valor para o acionista.”

Lima disse ainda que estão aumentando o risco específico em 1% e utilizando como premissa um ROE (Retorno sobre o Patrimônio Líquido) estrutural de 12,5%. “Nosso preço-alvo é de 34,9 reais.” 

Foto de Karla Mamona da Editoria Exame Invest que escreveu o artigo
Karla Mamona

Repórter da Exame


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame