Carteira EXAME Dividendos tem retorno de 28,4%; conheça uma recomendação | Exame Invest
Exame Invest
Invest Pro

Carteira EXAME Dividendos tem retorno de 28,4%; conheça uma recomendação

PUBLICADO EM: 2.3.21 | 6H10
ATUALIZAÇÃO: 4.3.21 | 13H35
Uma das apostas do head de renda variável da Exame Invest Pro, Bruno Lima, para a geração de renda com foco em dividendos é o setor de energia
Bolsa de Valores - Bruno Lima

Valorização de ativos de renda variável: carteira da EXAME Invest Pro teve retorno de quase 30% em menos de um ano

Imagem da Editoria Exame Invest
Juliano Passaro

Repórter da Exame



Compartilhe nas redes sociais
GUIA
Em alta

INVISTA 2MIN

A carteira EXAME Dividendos obteve, desde seu início em abril do ano passado até janeiro deste ano, retorno absoluto de 28,4%. Uma das apostas de Bruno Lima, head de renda variável da EXAME Invest Pro, para a geração de renda com foco em dividendos é o setor de energia. "O papel da EXAME Invest Pro é identificar empresas que possam oferecer uma geração de caixa previsível e sustentável", afirma.

O investimento com foco em dividendos é recomendado para quem pensa no longo prazo. Por isso, o objetivo da carteira de dividendos da EXAME Invest Pro é garantir o ganho de capital por meio do pagamento de elevados dividendos por empresas selecionadas após análises minuciosas da equipe de analistas da casa de análises da EXAME.

Quer saber qual o setor mais quente da bolsa no meio deste vaivém? Assine a EXAME Invest Pro

Uma das companhias que fazem parte da estratégia de ganho de capital por meio de dividendos na carteira da EXAME Invest Pro é a EDP Brasil (ENBR3).

Segundo Lima, a EDP é uma companhia que está preparada para enfrentar crises, já que possui uma alavancagem sob controle, além de ter projetos de transmissão que devem impulsionar seu Ebtida (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) neste ano. "A empresa possui uma posição de caixa confortável para honrar as suas obrigações de dívida de curto prazo", disse Lima.

Por outro lado, a EDP apresenta riscos regulatórios e também em relação ao seu orçamento para o projeto do segmento de transmissão, segundo Lima. A EDP Energias do Brasil é controlada pela EDP (empresa com sede em Portugal), que tem como foco o investimento em geração, distribuição, comercialização e transmissão de energia elétrica.

A Energias de Portugal, holding da EDP Brasil, foi fundada em 1976. Cerca de 20 anos depois, a companhia passou a atuar no Brasil. A empresa também está presente em outros países, como Estados Unidos, Itália, México, China, Espanha, entre outros. A holding também é atualmente uma das maiores companhias do mercado de energias renováveis, tendo grande força no setor eólico.

Resultados trimestrais da EDP Brasil

Na semana passada, a holding brasileira de energia elétrica publicou seus resultados referentes ao quarto trimestre de 2020 e ao acumulado do ano. A companhia viu seu lucro saltar 40,3% nos três meses finais do ano, frente ao mesmo período de 2019, para 699,97 milhões de reais.

O lucro anual da empresa que está presente na carteira EXAME Dividendos cresceu 12,7%, ficando em R$ 1,5 bilhão no ano passado. Segundo Lima, o resultado da empresa veio acima das expectativas do mercado pelo fato de a EDP SP ter realizado aumento de tarifa e controlado custos.


Leia também

Imagem da Editoria Exame Invest
Juliano Passaro

Repórter da Exame


Compartilhe nas redes sociais
Mosaico do rodapé com as cores da Exame